Destaques Geral

Valor de ingresso será devolvido após festa ser cancelada

26 de setembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

S. S. PARAÍSO – As pessoas que adquiriram ingressos para a festa “Paradise Exclusive”, que foi cancelada devido à greve dos caminhoneiros, em 2018, devem ser ressarcidas pela organização do evento. A decisão foi do juiz Osvaldo Medeiros Neri, da 1ª Vara Civil da Comarca de São Sebastião do Paraíso.

O magistrado acatou a Ação Civil Pública movida contra os organizadores da festa no último dia 17 de agosto. O evento, que teria o cantor Jerry Smith como atração principal, seria realizado no dia 21 de abril de 2018 e foi prorrogado para o dia 26 de maio daquele ano, mas acabou cancelado devido à greve dos caminhoneiros.

De acordo com Fábio Martins, coordenador do Procon de São Sebastião do Paraíso, os consumidores que adquiriram e não conseguiram de volta o valor pago pelo ingresso terão direito ao ressarcimento, que ocorrerá em duas fases:

A primeira refere-se ao cadastramento do consumidor, na qual os consumidores interessados deverão comparecer ao Procon, entre os dias 5 e 16 de outubro, portando o ingresso original, mais os documentos pessoais e informações bancárias, a fim de preencher o formulário e deixar o referido ingresso”.

Ainda segundo o coordenador do órgão de defesa ao consumidor em Paraíso, a segunda fase do processo de ressarcimento deve acontecer entre 30 a 60 dias após o cadastramento realizado no Procon. O Procon de Paraíso está localizado à rua Dr. Pimenta de Pádua, 1.237, no centro da cidade. O atendimento acontece das 13h às 17h. Telefones (35) 3539-1092 (ligação e WhatsApp) e 3539-1093.