Coluna MG Destaques

Valadares busca vacina chinesa

23 de dezembro de 2020

A Prefeitura de Governador Valadares enviou um ofício ao Instituto Butantan, comunicando o interesse de adquirir a vacina do laboratório, depois que ela for aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. No ofício, o Município manifesta o interesse na aquisição inicial de 50 a 100 mil doses da vacina, uma quantia que, de acordo com a Prefeitura, é necessária para a vacinação dos grupos prioritários, que incluem profissionais de saúde e idosos. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)


O que você também vai ler neste artigo:

  • MP alerta para taxa de ocupação
  • Receita e Unis firmam parceria
  • Faop vence premiação
  • 77,5% devem ir às compras
  • TJMG inaugura novo fórum
  • Orçamento é aprovado

MP alerta para taxa de ocupação

As crescentes taxas de ocupação de leitos em Juiz de Fora estariam levando moradores da cidade a serem transferidos para internação em cidades da região. A informação é do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), que, nesta segunda-feira, 21, formalizou uma solicitação para que o Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19 se reúna, em caráter emergencial, para discutir a situação. No domingo, 20, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva do SUS chegou a 95,05% na cidade. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Receita e Unis firmam parceria

A Receita Federal em Varginha e o Grupo Educacional Unis firmaram no dia 18 de dezembro a ampliação do Acordo de Cooperação do NAF, assinado em 18/10/2017, para atuação a partir de 2021 também no comércio exterior. O objetivo do NAF/Comex é contribuir para que o microempreendedor individual e o cidadão hipossuficiente possam exportar seus produtos e auxiliar também na importação, além de outras demandas relacionadas ao comércio exterior. A previsão é que o NAF/Comex seja implantado no UNIS no primeiro semestre de 2021. (Folha Regional- Muzambinho)

Faop vence premiação

A Fundação de Arte Ouro Preto foi declarada vencedora do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade no último dia 15 de dezembro. Com ação intitulada “Formação de Restauradores em estreita relação com comunidades de Minas Gerais”, a fundação receberá, assim como outras 11 iniciativas, R$ 20 mil em recursos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. De acordo com o secretário de estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, o prêmio consolida o importante trabalho que a Faop tem realizado ao longo dos anos. (Jornal Ponto Final- Mariana)

77,5% devem ir às compras

O comportamento do consumidor mudou nos últimos meses devido a pandemia da Covid-19. E mesmo reduzindo os gastos, comprado online e buscado outras alternativas, muitos deles não vão deixar de presentear os familiares e amigos neste Natal. Este é um dados apresentados por um levantamento realizado pelo Observatório da Moda do Núcleo de Pesquisas Econômico Sociais da Una Divinópolis, o Nepes/Una, baseado em um estudo realizado pela Rakuten Advertising. A pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 27 de novembro, com levantamento realizado de forma quantitativa. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

TJMG inaugura novo fórum

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes, inaugurou na tarde desta terça-feira, 15, o novo Fórum Ministro Antônio Martins Vilas Boas, na Comarca de Miraí: “É uma honra ser testemunha deste dia, pois, juntamente com a entrega oficial do novo prédio, está sendo edificada uma importante página da história desta comarca, que em 2020 completou 85 anos de sua instalação”, disse o presidente. A nova edificação, que faz parte do Plano de Aceleração de Obras do TJMG, possui mais de 700 metros quadrados de área construída, amplas salas, sistema de ar condicionado, acessibilidade, e estacionamento. (Gazeta de Muriaé)

Orçamento é aprovado

Os vereadores de Ipatinga aprovaram em primeira votação, na tarde de segunda-feira, 21, o Projeto de Lei 83/2020, que estima receita e fixa despesa do orçamento do município de Ipatinga para o exercício financeiro de 2021. O texto aponta um valor de R$ 1.099.607 bilhão, cuja receita será realizada mediante arrecadação de tributos, recebimentos de transferências correntes e de capital da União e do Estado.

Rede de Notícias do Sindijori MG