Coluna MG Destaques

URRD doa área para hospital

30 de janeiro de 2021

A União Ruralista Rio Doce (URRD) doou uma área de 60 mil metros quadrados para a construção de um hospital para tratamento de câncer em Governador Valadares. Nesta quinta-feira, 28, representantes da entidade, da Prefeitura e da Fundação Cristiano Varella (mantenedora do futuro hospital) participaram da solenidade de doação do terreno e lançamento da pedra fundamental das obras. “Esse é um momento histórico. Para que esse momento chegasse, muito caminho foi percorrido, e contamos com a participação do prefeito André”, disse o presidente da URRD, José Miguel Merlo, que também é pai do prefeito. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)


O que você também vai ler neste artigo:

  • JF fecha 4,3 mil postos de trabalho
  • Caso de reinfecção é investigado
  • LIRAa aponta baixa infestação
  • Drone vai fiscalizar comércio
  • Grupo examina retorno das aulas

JF fecha 4,3 mil postos de trabalho

Juiz de Fora acumulou, durante o ano de 2020, saldo negativo de 4.393 postos de trabalho perdidos. O desempenho é o pior da série história do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), iniciada em 2003. Até então, o maior estoque negativo fora registrado ao fim de 2015, quando os setores produtivos da cidade, entre admissões e demissões, registraram o encerramento de 3.806 empregos formais. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 28, pelo Ministério da Economia. O desempenho negativo foi fiado, sobretudo, pelos setores de serviços e comércio, que fecharam, ao longo de 2020, respectivamente, 2.192 e 1.808 vagas celetistas. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Caso de reinfecção é investigado

A Secretaria Municipal de Formiga divulgou que há um registro de um possível caso de reinfecção pela covid-19 no município. Segundo a Prefeitura Municipal, um paciente de 44 anos testou positivo para doença em julho de 2020 e novamente recebeu o resultado positivo para o coronavírus nesta semana, até a data do comunicado o quadro clínico do paciente era estável. Conforme informado pelo secretário de Saúde ao portal G1, Leandro Pimentel, o paciente está sendo acompanhado pelo setor de epidemiologia do município e está em isolamento domiciliar. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata)

LIRAa aponta baixa infestação

O primeiro Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa) de Muriaé realizado entre os dias 18 e 22 de janeiro de 2021 apontou um índice de infestação predial de 0,5 o que é considerado baixo risco. Uma redução de 50% em relação ao levantamento realizado no mesmo período em 2020 que apontou 1,0. As estatísticas do Programa apontam que, com resultado de 0 até 0,9 o município enquadra-se na situação de baixo risco, de 1,0 a 3,9 é médio risco e acima de 4,0 é considerado alto risco. O LIRAa foi realizado em 2169 imóveis entre residências, terrenos baldios, comércios e outros. (Gazeta de Muriaé)

Drone vai fiscalizar comércio

O Comitê Covid-19 de Poços de Caldas, dará início à fiscalização com drone em bares e no comércio da cidade. A fiscalização com a tecnologia começa na sexta-feira, 29. O anúncio foi feito pelo prefeito Sérgio Azevedo através de um vídeo publicado na internet. Na publicação, Sérgio Azevedo destaca que o drone inicialmente irá atuar no Centro da cidade, possibilitando que a fiscalização observe irregularidades e vá imediatamente ao estabelecimento. A interdição do local, segundo ele, poderá ser feita em caso de protocolos contra a Covid-19 não estiverem sendo cumpridos. (A Folha Regional- Muzambinho)

Grupo examina retorno das aulas

A Deliberação 121, de 27 de janeiro de 2021, que cria um grupo de trabalho para estudar o retorno gradual e seguro das atividades presenciais nas unidades de ensino em Minas durante a pandemia, foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 28. Para examinar a questão, o grupo de trabalho vai analisar sugestões e propor alterações na Deliberação 89, do referido comitê, que dispõe sobre o ensino neste momento de pandemia. A Deliberação 121 estabelece que compete ao grupo promover o levantamento de informações técnicas e estudos com o objetivo de apoiar o Estado e os municípios na organização e no planejamento que assegurem o retorno gradual e seguro dessas atividades, bem como avaliar a implementação da Deliberação 89. (Diário Tribuna- Teófilo Otoni)

Rede de Notícias do Sindijori MG