Destaques Geral

Uemg faz projeto “Trama pela Vida” de confecção de máscaras

9 de abril de 2020

PASSOS – Um projeto, inicialmente idealizado pelas professoras Andreia Salvan Pagnan e Heloísa Santos, da Escola de Design da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) do curso de Design de Moda, foi abraçado pela reitoria da universidade, conectando todos os campi, unidades e Escolas ligadas à Uemg, recebendo a adesão de muitos professores e alunos voluntários atuando no design gráfico e comunicação do projeto, que visa à confecção e distribuição de máscaras de tecidos em algodão para proteção contra a contaminação e disseminação da covid-19. O Centro de Aprendizagem Pró-Menor de Passos fez a doação de dois rolos de sarja, retalhos de tricoline, linhas, fio de overlock e elástico, dando início à produção.
As máscaras serão distribuídas às comunidades, pessoas em situação de rua, comerciantes e voluntários que se dedicam na distribuição de alimentos em lugares públicos.
Segundo Heloísa Santos, o projeto, além de não envolver apoios políticos, atua de forma voluntária sem geração de recursos financeiros contando com a doação de trabalho dos colaboradores. Profissionais do setor de moda, publicidade, empresas de confecções, tecelagens, lojas de aviamentos, costureiras, ateliês de costura, professores, designers, representantes de ONGs, unidos por uma força tarefa, se empenhando em um projeto colaborativo.
Para Andréia Salvan, o projeto envolve a moda circular por envolver a doação de tecidos pela comunidade os quais são retornados em forma de máscaras protetivas reutilizáveis. As unidades da Uemg servirão de pontos de coleta de tecidos e retirada de máscaras, mas as mesmas também serão distribuídas às comunidades do Estado e às pessoas em situação de rua.
De acordo com a coordenadora do curso de Design e Moda da Uemg Unidade Passos, Patrícia Iamamura, o principal objetivo é a confecção e distribuição de máscaras de proteção como combate à contaminação e disseminação desta doença que assola o país e o mundo.
O projeto tem relevância por permitir que a população se proteja contra o coronavírus contribuindo para que não aumente o número de casos de pessoas contaminadas. Além disso, possui importância por fazer a integração universidade e comunidade, de forma que estes participem de forma colaborativa gerando benefícios à população de forma geral.
Conforme informou Patrícia, os alunos das unidades da Uemg interessados em participar podem entrar em contato com o estudante de Moda, Tales Ribeiro, pelo telefone (35) 98805-0760.
“Qualquer pessoa que saiba costurar, não precisa ser somente aluno. Pode ser costureiras das cidades da região podem contribuir no corte, higienização, costura. Além disso, precisamos de tecido 100% algodão como tricoline e sarja. Linha para máquina de costura reta e elástico. Quem puder ajudar com doação de água sanitária para a limpeza das peças pode doar também”, explicou a coordenadora.
“Algumas empresas irão doar, mas são de outras cidades, então estamos esperando chegar. Alguns alunos de Passos também estão doando um pouco de tecido. Quanto mais ganharmos e mais pessoas se engajarem na campanha, mais produtos prontos entregaremos”, finalizou a professora.