Coluna MG Destaques

Uberlândia investiga reinfecção

28 de janeiro de 2021

Na última semana, o Ministério de Saúde confirmou o quinto caso de reinfecção pela covid-19 no Brasil. Em Minas Gerais, aproximadamente 56 casos de reinfecção pela doença estão sob investigação na Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG). A cidade de Uberlândia está inclusa na lista, com dois pacientes que possivelmente foram contaminados novamente pelo vírus. O município do estado com mais notificações suspeitas é a capital Belo Horizonte, com 19. (Diário de Uberlândia)


O que você também vai ler neste artigo:

  • Uberaba recebe pacientes de Manaus
  • JF vacina 656 profissionais
  • Barbacena na Onda Amarela
  • Prefeitura prorroga medidas
  • Comitê determina restrições

Uberaba recebe pacientes de Manaus

Dezoito pacientes de Manaus infectados pela covid-19 chegaram no aeroporto de Uberaba por volta das 19h30 e foram recebidos por uma força tarefa composta por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Superintendência Regional de Saúde (SRS), Corpo de Bombeiros (CB), Defesa Civil (DC), Polícia Militar (PM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ubervidas e Infraero. Todos foram rapidamente transferidos para o Hospital Regional José Alencar, e cada veículo que saia do aeroporto para leva-los ao HR eram recebidos por palmas pela população, que se mostrou emocionada e sem preocupação com o risco que poderiam estar expostas. (Jornal de Uberaba)

JF vacina 656 profissionais

Nesta terça-feira, 26, a Secretaria de Saúde (SS) imunizou profissionais de mais dois hospitais da cidade. Desde esta segunda-feira, as equipes de vacinação da Subsecretaria de Vigilância em Saúde atuaram nos hospitais Ana Nery e João Penido. No total de 656 profissionais que lidam diretamente com a Covid-19 foram imunizados nessas instituições. Segundo o Vacinômetro da Prefeitura de Juiz de Fora, 2.500 pessoas foram imunizadas na cidade. A vacinação teve início na quinta-feira, 21, e receberam a primeira dose: idosos residentes em instituições de longa permanência (ILPI), trabalhadores da saúde que atuam nesses locais, e profissionais de saúde. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

Barbacena na Onda Amarela

Barbacena retornou segunda-feira, 25, para a Onda Amarela do Minas Consciente, o Decreto que autoriza o retorno das atividades comerciais inseridas nesta etapa foi publicado no último domingo, 24, no Diário Oficial Eletrônico do Município (e-DOB). Com o avanço para a Onda Amarela do Plano Minas Consciente, o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços indicados como atividades essenciais (inseridas na Onda Vermelha) e atividades não essenciais (Onda Amarela), segundo a classificação do Comitê Estadual Extraordinário covid-19, deverá seguir todas as medidas de prevenção ao contágio da covid-19, como a obrigatoriedade do uso de máscaras e álcool em gel em todos os locais. (Folha de Barbacena)

Prefeitura prorroga medidas

A Prefeitura de Ouro Preto prorrogou o prazo de vigência das medidas emergenciais contra a covid-19 e declarou estado de calamidade pública em todo o território do município. Ambas decisões foram publicadas no Diário Oficial, nesta segunda-feira, 25. De acordo com o Decreto N° 5.891, fica prorrogado, até 04 de fevereiro de 2021, o prazo de vigência das medidas emergenciais adotadas pelo poder executivo, entre elas o fechamento dos comércios não essenciais. Segundo o documento, a decisão levou em consideração o quadro de agravamento da pandemia no município (Jornal O Liberal Net- Itabirito)

Comitê determina restrições

A Resolução 28, do Comitê Extraordinário Covid-19, publicada nesta terça-feira, 26, modificou o horário de funcionamento de supermercados, mercearias e lojas de conveniência. As lojas de conveniências, que antes estavam funcionando das 6h às 23h59, passam a ter que acatar o horário de 6h às 22h, ficando ainda vedada a realização de delivery após o horário determinado, mantendo os protocolos de saúde e segurança anteriormente estabelecidos. Já os supermercados, hipermercados, minimercados, mercearias e mercados, que não tinham restrição de horário, passam a funcionar também das 6h às 22h. A resolução determina ainda a suspensão das atividades de parques públicos aos sábados, domingos e feriados. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)

Rede de Notícias do Sindijori MG