Destaques Geral

TRE extingue postos de atendimentos em três cidades da região

Por Beatriz Silva / Redação

27 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS — O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) divulgou na terça-feira, 19, a decisão de extinguir, por meio de resolução, 41 postos de atendimento que funcionavam no interior do estado desde 2017. Entre eles estão os postos das Zonas Eleitorais de Jacuí, Itamogi e São Roque de Minas.

De acordo com nota do TRE-MG, o objetivo da medida é racionalizar custos em um cenário de fragilidade econômica do país e equacionar o funcionamento dos cartórios eleitorais em função do déficit de pessoal e da impossibilidade de provimento de cargos vagos. Na alteração, o posto de atendimento da 145ª Zona Eleitoral de Jacuí, bem como o da 301ª Zona Eleitoral de Itamogi, foram transferidos à 260ª Zona Eleitoral de São Sebastião do Paraíso.

Em entrevista à Folha, Bianka Keila Pedroso, auxiliar administrativo da 260ª Zona Eleitoral de São Sebastião do Paraíso, afirma que a transição em relação às zonas eleitorais já havia ocorrido e que, neste momento, a mudança é referente aos postos de atendimento.

A Resolução nº1.039, de 2017, extinguiu 45 zonas eleitorais de Minas, no entanto, os postos de atendimento de alguns destes locais continuaram funcionando. Nesta nova resolução, após as últimas eleições, em 2020, tais postos foram extintos e absorvidos, como já aconteceu entre as unidades de Jacuí e Itamogi, por São Sebastião do Paraíso”, explicou.

Sobre os atendimentos, Bianka Pedroso informou que não houve mudanças significativas.

Por enquanto, não conseguimos perceber um grande impacto. Devido à pandemia, nossos atendimentos estão ocorrendo por meio de e-mail e telefone, além disso, a maioria das necessidades é resolvida pelo próprio site do TRE”, encerrou.

Por sua vez, a 323ª Zona Eleitoral de São Roque de Minas, que em 2017 foi transferida para Bambuí, também teve seu posto de atendimento redirecionado ao município. No entanto, ainda sem data prevista, ambos devem ser absorvidos pela 220º Zona Eleitoral de Piumhi.


Eleitores não serão prejudicados

A respeito da mudança de postos, o TRE esclarece que os eleitores dos 41 municípios não terão prejuízo no atendimento, pois vários dos serviços podem ser feitos pela internet, como a emissão de certidões e de guias para pagamento de multas. As solicitações de emissão do título de eleitor, transferência, regularização e revisão podem ser feitas por meio do sistema “Título Net”, o que dispensa o deslocamento até o cartório eleitoral.

Além disso, o TRE está implantando o programa “Atende Mais”, que deve permitir ao eleitor ser atendido presencialmente em qualquer cartório eleitoral do estado de Minas Gerais, independentemente do seu domicílio eleitoral. Isso, porém, só será possível quando o atendimento presencial for retomado. Atualmente, o atendimento presencial está suspenso em todas as unidades, por tempo indeterminado, devido à pandemia de covid-19. Orientações sobre atendimento ao eleitor também podem ser obtidas junto ao Disque-Eleitor (telefone 148).

A decisão extingue 41 postos de atendimento em Minas Gerais