Destaques Geral

Teste de monsenhor Pardini dá negativo para novo coronavírus

18 de abril de 2020

S.S. DO PARAÍSO – O laboratório Hermes Pardini, de Belo Horizonte, descartou a terceira suspeita de óbito por covid-19 registrada em São Sebastião do Paraíso. Os exames realizados com material do monsenhor Hilário Pardini, falecido na última segunda-feira, aos 102 anos, apontaram resultado negativo para a doença. Em Passos, a Prefeitura informou ontem que duas mortes estão sendo investigadas por suspeita de covid-19.

Hilário Pardini foi internado na UTI da Santa Casa de Paraíso no sábado, 11, com um quadro de pneumonia, um dos sintomas da infecção causada pelo novo coronavírus. Dois dias depois, o religioso não resistiu à gravidade da doença e faleceu. Uma equipe médica do hospital coletou material para a realização do teste para a covid-19 e o resultado saiu na quinta-feira, 16.
Devido à suspeita, ninguém pôde participar do sepultamento do monsenhor. Sobrinha do religioso, a jornalista Bia Pardini declarou que a família e os amigos próximos não sabiam do caso e que foram pegos de surpresa na porta do cemitério. “Estava combinado que só a família iria entrar no cemitério para o sepultamento, inclusive, até seria aberto o caixão. O cortejo foi maravilhoso, mas quando chegou ao cemitério, estava tudo fechado; entraram só os coveiros, todos paramentados. A gente mal viu o caixão, não pudemos vê-lo e nem participar desse último momento”, disse.

Também de acordo com a jornalista, Hilário Pardini possuía um quadro de pneumonia que o acompanhava há meses e que, por causa disso, a família e a cuidadora do monsenhor tinham certeza de que ele não havia morrido em consequência da covid-19. “Foi mesmo uma coincidência de ele ter ido para a UTI. Ele já havia sido internado antes mesmo da pandemia ou confinamento, apesar de ter ficado pouco tempo. Dessa vez, ele até teria alta na segunda-feira, mas fizeram um exame antes e viram que o pulmão dele estava bem cheio, por isso que foi para a UTI, e lá ele piorou”, completou a sobrinha.

Bia Pardini ainda disse que familiares e outras pessoas próximas ao monsenhor estranharam o fato de as pessoas terem evitado se aproximar deles durante o cortejo fúnebre do líder religioso. “Ficamos apavorados. Foi uma situação muito constrangedora”, concluiu. De acordo com protocolo médico da Santa Casa, todos os pacientes que apresentem sintomas relacionados ao novo coronavírus devem entrar na lista de casos suspeitos da doença até que o resultado dos exames seja divulgado.

Até o momento, Paraíso tem uma morte confirmada por covid-19. Trata-se de uma mulher de 72 anos, que residia na Vila Formosa. A Vítima foi internada na madrugada de domingo, 12, e acabou falecendo horas mais tarde. O resultado do exame foi divulgado pela Secretaria de Saúde na manhã de quinta-feira.