Destaques Moda

Tecidos virtuais

POR WAGNER PENNA / Especial para a Folha

8 de fevereiro de 2021

Desfile têxtil na Minas Trend. / Foto: Divulgação

O mês de fevereiro sempre foi de expectativa para quem trabalha com moda, pois é nesse período que se realiza a feira Première Vision, em Paris, que apresenta tendências fashion para daqui dois anos, além de tecidos que estarão nas passarelas no próximo ano. Uma referência de prestígio.

Como todos os outros setores de moda, também essa feira será realizada virtualmente – repetindo o que já aconteceu na edição de setembro passado. Aquela experiência, inclusive, trouxe inovações para essa nova edição -como criação de uma plataforma exclusiva para interação e vendas. Algo bem abrangente, democrático e produtivo.

Embora com um parque têxtil bastante reduzido atualmente, o Brasil certamente seguirá esse exemplo de dinamismo – algo que, aliás, já vem sendo feito muito bem pela Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil. O interessante é que, além de cores, estampas e texturas, os novos conceitos tornaram-se importante também na área têxtil – com os temas sustentabilidade, transparência e rastreabilidade tornando-se essenciais para nesse negócio.


VAIVÉM

A mega exposição armada no prédio do Santander, em São Paulo, com um breve histórico de arte-moda aqui e em outros países contemplou também uma mineira. É a Gláudia Fróes (da Plural), com seus modelitos feitos em 3D lançandos em uma das edições do Minas Trend. A mostra fica nos andares 19 e 20 do Farol Santander.

Na moda internacional, cada um está se virando como pode. A saber: enquanto a Prada muda seu endereço em Xangai (China) com aluguel mais em conta e maior visibilidade, a Chanel redecorou o salão do tradicional endereço da rue Cambon, em Paris. Já a americana Ralph Lauren aumentou o e-commerce e diminui as lojas físicas. Tudo para economizar – e atrair as novas clientes.


PONTO FINAL

Se quem trabalha com fantasias & afins está triste com o fim do Carnaval 2021, as marcas de pronta-entrega de moda adoraram a novidade. É que, assim, não haverá o lento esperar pela passagem de Momo para, só então, lançar o inverno. Como até os feriados do Carnaval estarão suspensos, os lançamentos de inverno 2021 serão antecipados.