Destaques Esporte

Solidariedade

23 de junho de 2020

América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro deixaram a rivalidade dentro de campo e, fora dele, se uniram por uma causa nobre: ajudar uma torcedora celeste com síndrome rara. Ana Clara, ou simplesmente Clarinha, de 10 anos, comoveu as redes sociais ao pedir ajuda para adaptar a casa em que mora com os pais em Comercinho, interior de Minas Gerais. Ela é portadora da Síndrome de Hutchinson-Gilford. Uma “vaquinha” para arrecadar doações para a menina está circulando nas redes sociais

Reforço

Mesmo com a prorrogação da restrição da entrada de estrangeiros no Brasil até o início de julho, o lateral-direito Raúl Cáceres chegará a Belo Horizonte nesta terça-feira. O paraguaio, novo reforço do Cruzeiro, jogou no Vasco ano passado e, por isso, tem o Registro Nacional de Estrangeiros, o que o permite ingressar no país neste momento. Raúl Cáceres se despediu dos companheiros do Cerro Porteño no final da última semana, devido ao acerto encaminhado com o Cruzeiro.

Boxe

Mike Tyson ainda não anunciou contra quem irá lutar em seu retorno, mas se quiser já tem um oponente famoso à espera. O boxeador desafiou o lutador de MMA Jon Jones, que aceitou através das redes sociais, mas impôs a condição de que as lutas ocorreriam nos esportes dos dois. “Tyson, vou lutar boxe com você no ringue se você prometer que vai me dar uma luta de verdade no octógono em seguida” disse Jones. Tyson anunciou o retorno em 24 de abril para arrecadar dinheiro para a caridade.

Corinthians

O Corinthians anunciou ontem que lançará uma websérie do título inédito do Campeonato Brasileiro de 1990. A produção se iniciará hoje, disponível na página oficial do Facebook do Timão. Divididos em cinco episódios, “O Clube Mais Brasileiro” será uma homenagem aos atletas e profissionais envolvidos na conquista corintiana. A websérie trará momentos importantes, com depoimentos de jogadores, como o goleiro Ronaldo Giovanelli e Wilson Mano e Neto, o grande destaque da conquista.

Copa 2023

A Associação Japonesa de Futebol (JFA) revelou ontem que o país não é mais um candidato para receber a Copa do Mundo Feminina de 2023. A notícia vem apenas três dias antes do anúncio oficial da Fifa sobre a escolha da sede, que acontecerá nesta quinta-feira. Com isso, a decisão fica entre Austrália e Nova Zelândia, que fizeram candidatura em conjunto, e Colômbia. O Brasil também retirou sua candidatura há duas semanas, por uma “combinação de fatores”, segundo a CBF.

Positivo

O futebol voltou na última quarta na Inglaterra, mas as baterias de testes para o coronavírus não param no país. Na última rodada, a décima desde maio, foram testadas 1829 pessoas entre jogadores, membros de comissões técnicas e funcionários dos clubes, com apenas um resultado positivo. Esta foi a primeira bateria de exames desde que a Premier League foi retomada. A última rodada de testes antes da bola voltar a rolar também tinha constatado um caso positivo.