Destaques Geral

Sicredi distribui mais de R$ 8 milhões para associados

21 de Maio de 2021

Presidente da Sicredi das Culturas, Antenor José Vione. / Foto: Divulgação

PASSOS – Nesta sexta-feira, 21, maio, data em que comemora 96 anos de história, a Sicredi das Culturas RS/MG irá realizar o crédito de mais de R$ 7,23 milhões na conta dos seus associados. O valor é referente à participação dos associados nos resultados que a cooperativa teve em 2020. Ou seja, após serem apurados os resultados e realizadas as destinações legais e estatutárias, a cooperativa divide com seus associados o resultado líquido do exercício 2020.

Além do valor de R$ 7,23 milhões, a instituição financeira cooperativa creditou no mês dezembro de 2020, R$ 1,28 milhões em juros pagos ao capital social. Dessa forma, o valor total entregue ao associado da Sicredi das Culturas RS/MG, referente ao exercício de 2020, será de R$ 8,51 milhões.

O volume total do resultado de 2020 ultrapassou os R$ 42 milhões. A Sicredi das Culturas tem hoje mais de 58 mil associados em 13 municípios da região no Rio Grande do Sul e 4 dos 28 municípios do sudoeste de Minas Gerais, somando 41 municípios na área de abrangência. Os ativos administrados por pela instituição financeira cooperativa são de R$ 2,44 bilhões, o patrimônio líquido encerrou o ano de 2020 em mais de R$ 269,3 milhões e as operações de crédito em R$ 1,07 bilhão.

O resultado é dividido entre os associados na proporção dos negócios que ele realiza com a cooperativa durante o ano: 65% do valor é destinado para quem realizou poupança ou depósitos, 20% para aqueles que pagaram juros em operações de crédito e 15% para quem utilizou os demais serviços ou pagou tarifas na cooperativa.

O presidente da cooperativa, Antenor José Vione, destaca que “quanto mais o associado realizar suas transações financeiras com o Sicredi, maior será sua participação nos resultados anuais, uma vez que a distribuição dos resultados entre os associados é feita de acordo com o que cada um movimenta com a cooperativa”, complementando ainda que esta agregação de renda é um dos diferenciais das instituições financeiras cooperativas, já que os resultados retornam para os associados ao final de cada exercício.