Destaques Esporte

Sette Câmara quer exclusão do Flamengo no Brasileirão

29 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, criticou o pedido do Flamengo para adiamento da partida do último domingo, 27, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube rubro-negro solicitou que o jogo fosse disputado em outra data em função de um surto de covid-19 que atinge seu elenco. Depois de idas e vindas judiciais, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) liberou a realização do confronto.

A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato”, disse em entrevista.

O campeonato vai prosseguir. Só não sabemos se com ou sem o Flamengo. Temos acompanhado as dificuldades da CBF na organização do Brasileiro num momento tão grave, tão difícil. Era hora de todos darem as mãos para ajudar a confederação e o futebol brasileiro. Mas o Flamengo quer tomar o próprio caminho, se acha o melhor e se acha independente. Tem de pagar pelos seu erros.”, continuou Sette Câmara.

O mandatário do Atlético-MG foi além.

Eu acho que está na hora de o futebol tomar alguma medida. O Flamengo acha que é melhor que todo mundo. Ele é apenas mais um clube que participa do Campeonato Brasileiro. Os 19 clubes estão alinhados, ao meu sentir. Se o Flamengo quiser, ele faz o campeonato dele sozinho. E nós fazemos o nosso sem o Flamengo. Não vai fazer falta nenhuma”, finalizou.

O Galo é o primeiro colocado na tabela do Brasileiro, além de ser o único time do Campeonato Brasileiro com aproveitamento perfeito em casa. A equipe mineira será mandante em cinco dos oito jogos que restam até o fim do primeiro turno. O próximo adversário dessa lista é o Vasco. Os times alvinegros se enfrentam no próximo domingo, 4, a partir das 20h30, no Mineirão.

Mandatário diz que clube carioca desrespeitou os outros clubes ao pedir adiamento da partida contra o Palmeiras. / Foto: Divulgação