Destaques Geral

Serviços de marketing crescem durante pandemia

28 de outubro de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

PASSOS – Um levantamento realizado nesta terça-feira, 27, mostrou que, em Passos, as empresas que atuam nos segmentos de marketing e produções gráficas tiveram aumentos na procura por serviços. Boa parte do crescimento se deve às limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus, já que muitos empresários precisaram adotar novas estratégias para manter o ritmo de vendas.

Como as medidas de isolamento social fizeram com que os serviços de delivery se tornassem ainda mais populares, especialmente no ramo alimentício, Tayron Pimenta percebeu que a forma com que os produtos são apresentados nas mídias digitais seria capaz de influenciar na decisão de compra, contratou uma empresa de publicidade para desenvolver a identidade visual de sua lanchonete, que passou a oferecer embalagens personalizadas.

“Ainda sou novo no mercado e, com a chegada da pandemia, vi as vendas despencarem. Tive muito medo porque achei que não conseguiria mais trabalhar, então resolvi focar nas entregas e comecei a fazer mais publicações nas redes sociais, o que me levou a buscar por melhorias. Muita gente pode pensar que não, mas quando organizamos o perfil e passamos a servir os clientes com mercadorias que incluem a identidade da marca, as vendas aumentam muito porque isso mostra que estamos levando o trabalho a sério e que nos dedicamos para oferecer o melhor”, destacou Pimenta.

No caso de Ariane Vasconcelos da Silva, que produz doces artesanais em sua própria casa, as redes sociais já eram utilizadas desde que começou o negócio, no fim de 2018.

“Como não tenho um ponto comercial, sempre trabalhei desta maneira e deu certo. Assim como foi com a maioria dos comerciantes, em março e abril quase não vendi, então precisei me reinventar; aderi aos aplicativos de entregas e impulsionei as publicações no Instagram e no Facebook, porque isso oferece mais visibilidade e são estratégias de marketing que possuem um ótimo custo-benefício”, disse.

Segundo os resultados de uma pesquisa realizada pela organização Compre&Confie, em 2020, as vendas virtuais cresceram 81% em todo o Brasil e os setores que mais se destacaram estão relacionados a alimentos e bebidas, instrumentos musicais, brinquedos, eletrônicos e peças de cama, mesa e banho.


Profissionais aproveitam momento de alta na demanda

PASSOS – Enquanto os comerciantes aproveitam as vantagens dos serviços de publicidade e marketing para aumentar o fluxo de negociações, profissionais do setor também conseguem encontrar mais oportunidades de trabalho, o que impulsiona a economia local. Conforme as informações do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a propaganda está entre as principais ferramentas para manter os bons rendimentos, visto que também contribui de forma significativa com o crescimento da marca.

Observando as necessidades de bares, lanchonetes e restaurantes, o fotógrafo Thiago da Silva Cruz, que sempre teve interesse por gastronomia, decidiu se especializar em imagens de alimentos. O principal intuito do profissional é produzir fotos não manipuladas, ou seja, ele não permite o uso de colas, corantes e demais artifícios que costumam fugir da realidade do produto. Deste modo, a justificativa é que tudo isso contribui para que os clientes se sintam confiantes ao fazer os pedidos.

“Neste tempo em que tudo é muito manipulável, as pessoas querem ver a realidade! Qualidade, por sua vez, não é um diferencial, mas sim uma obrigação, já que existe a concorrência de mercado. Em relação às entregas, a demanda está uma loucura e isso fez com que o setor de alimentos ficasse ainda mais disputado e, sobre isso, costumo dizer que a empresa que não está na internet, simplesmente não existe. Quem não estava adaptado, teve mais dificuldades e precisou improvisar, por isso é importante que todos tenham uma base comunicativa para desenvolver um marketing efetivo”, explicou o fotógrafo.

Para a publicitária Giovana Cristina Gabriel, a pandemia alterou os padrões de comportamento dos consumidores, aumentando a utilização das mídias digitais e das divulgações que ocorrem nesses ambientes.

“As empresas tiveram necessidade de profissionalizar suas relações com as redes. A chegada da covid-19 adiantou a aceitação do marketing digital e mostrou sua devida importância para oferecer destaque aos negócios, que deixam claro seus posicionamentos. Entrar para o mundo digital não é mais uma opção, pois se tornou uma necessidade para o empreendedor!”, pontuou.