Destaques Turismo

Serra da Tormenta proíbe peregrinação de fiéis

13 de abril de 2020

CARMO DO RIO CLARO – A Serra da Tormenta, cenário que tradicionalmente recebe milhares de fiéis durante a Semana Santa, foi interditada para peregrinação por conta do novo coronavírus. A Prefeitura Municipal de Carmo do Rio Claro alertou que, até este domingo, o acesso ao local está impedido.

A medida de restrição se deu a partir de um acordo entre a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Cultura e Turismo e o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus e deve permanecer até domingo, 11, já que é o período de maior procura pelo local. O principal objetivo é fazer com que o isolamento social permaneça em vigor até que exista a diminuição nos números de casos da doença.

A secretária de Cultura e Turismo do município, Andreia Aparecida Bento, contou que foi uma providência necessária diante da atual situação de emergência, mas, no entanto, também foi uma decisão difícil. “Como profissional, entendo que as medidas tomadas, por mais que sejam duras, foram essenciais. Espero que, em breve, a nossa cidade esteja apta a receber de volta os peregrinos e turistas, sempre de forma muito acolhedora,” explicou.
A serra costuma ser um dos pontos turísticos mais visitados pelos cristãos durante as celebrações da Semana Santa. Os romeiros peregrinam em oração até o alto da serra, que fica a 1.287 metros de altitude, para chegarem até a capela de Nossa Senhora Aparecida e, lá de cima, poderem contemplar as belezas naturais e a vista exuberante.

Durante a quarentena, o município se encontra com a principal entrada monitorada por uma barreira sanitária e com diversas restrições para a entrada e permanência de turistas. Os serviços não essenciais também estão suspensos. “Os carmelitanos têm seguido as normas adotadas pelo município para a restrição de muitas atividades e, inclusive, agradeço a todos que entendem nossas razões e nos ajudam neste momento de pandemia”, destacou Andreia.