Destaques Esporte

Sem acordo, Passense está fora da Segundona

27 de novembro de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

PASSOS – A diretoria do Passense não conseguiu renegociar a atual dívida com Federação Mineira de Futebol (FMF) e tampouco protocolar uma liminar no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) para se livrar da exclusão da Segunda Divisão do estadual. A competição teve início no fim de semana passado e, de acordo com a tabela oficial de jogos, o Alviverde estrearia na tarde de sábado, 28, contra o Santarritense, em São Sebastião da Bela Vista.

O advogado André Luís de Souza Oliveira, que foi procurado no último fim de semana pela diretoria do Passense, na tentativa de reverter a exclusão imposta pela entidade, afirma que não há volta.

Entre segunda e quarta-feira, mantive contato com a direção da FMF, contudo, sem obter êxito. Não concordaram em renegociar, pela terceira vez, o parcelamento da dívida existente com a entidade. Por essa razão, não vislumbramos argumentos sólidos a demandar no TJD. Além disso, as penas de multa e suspensão por dois anos de competições oficiais aplicadas, passíveis de recurso, e com a sequência dos pagamentos anteriores, poderiam se tornar irreversíveis, aumentando ainda mais os prejuízos. A situação é bastante complicada e as futuras decisões já estão sob a responsabilidade da diretoria. Quero deixar bem claro que não faço parte do departamento jurídico do Passense, tendo apenas sido solicitada a mim a intervenção junto àquela entidade, na tentativa de obter uma resolução administrativa e demais orientações técnicas”, explicou.

No último dia 20, por meio de um ofício divulgado no site da FMF, o clube foi excluído da Segunda Divisão porque não quitou a mensalidade de outubro, no valor de R$ 13,6 mil, referente a uma dívida inicial em torno de R$ 315 mil, que vem desde 2008, quando o clube abandou o Campeonato Mineiro do Módulo II por falta de recursos para custear as despesas. A diretoria quitou mais de R$ 100 mil, e a outra parte foi dividida em 20 prestações mensais.

Todos os jogos do Passense – até o final da fase classificatória – serão mantidos na tabela original para não precisar haver uma readequação. No entanto, os adversários vão faturar três pontos como se o placar fosse a derrota do Alviverde por 3 a 0. A Chave A da competição é formada por: Santarritense, Atlético Três Corações, Poços de Caldas FC e Uberaba Sport. Na B estão: Aymorés (Ubá), América (Teófilo Otoni), União (Santa Luzia), Betis (Ouro Branco) e Contagem EC.


Treinador

A reportagem tentou, ao longo da tarde de ontem, fazer contato com o presidente do clube, Rogério Jesuíno dos Santos, mas não obteve sucesso. Já o técnico Flávio Queiroz afirmou que “o clube vai entrar com recurso na Federação para tentar invalidar a suspensão de disputar campeonatos nos próximos dois anos, e negociar a multa de R$ 200 mil, que pode baixar em torno de 20% a 30%”. E acrescentou: “Não posso afirmar com absoluta certeza, mas a atual dívida com a entidade continuará sendo paga normalmente”.

Conforme o treinador, “o time sub-20 vai disputar, em dezembro próximo, na cidade de Montes Claros, região Norte do estado, a Copa Minas de categorias de base, enquanto os jogadores da equipe principal foram dispensados e voltarão às atividades em janeiro do ano que vem”.