Destaques Geral

Segunda etapa da campanha contra aftosa começa dia 1º

Por Ézio Santos / Especial

30 de outubro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Ao contrário da primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, ocorrida em maio e esticada por mais um mês em razão da pandemia do novo coronavírus, o prazo da próxima – e última – não será prorrogado. A informação é da Coordenadoria Regional de Passos do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). As vacinas serão aplicadas do primeiro ao último dia de novembro.

Os animais – pertencentes a 10.670 proprietários rurais criadores de bovinos e bubalinos – devem ter no máximo 24 meses de idade, ou seja, vitelas, novilhos e garrotes.

A importância da vacinação contra a febre aftosa, que em maio e junho foi para reses de qualquer idade, é manter o rebanho livre da doença, cumprindo as exigências do mercado exterior, agregando preço ao produto final”, afirmou Francis Rocha Moreno, assessor técnico de Defesa Sanitária Animal do IMA de Passos.

A estimativa do órgão é que 316.156 animais sejam imunizados entre 1º e 30 de novembro. Em toda a área da Coordenadoria Regional de Passos, são 312.087 bovinos e 4.049 bubalinos. As doses, que contêm 2 ml do medicamento, são adquiridas pelos donos de rebanho e encontradas facilmente nas lojas veterinárias de Passos e região.

Deixar de vacinar e não declarar a quantidade de reses de até dois anos pode custar caro para os pecuaristas. A multa por animal é de R$ 92,79. As declarações em condições normais poderão ser protocoladas até o dia 10 de dezembro.
Nos municípios classificados na onda verde do Minas Consciente, os encaminhamentos devem ser feitos aos Escritórios Seccionais (Sesecs). Na regional de Passos, há unidades em Cássia, Guaxupé, Passos, Piumhi, São Roque de Minas e São Sebastião do Paraíso. Para as demais ondas, basta acessar o ‘Portal do Produtor’, pelo site www.ima.mg.gov.br, ou enviar para o e-mail dos Sesecs.

Os demais municípios que integram a regional do IMA com sede em Passos são: Claraval, Capetinga, Delfinópolis, Ibiraci, Itaú de Minas, Pratápolis, Guaranésia, Juruaia, Nova Resende, São Pedro da União, Alpinópolis, Bom Jesus da Penha, Fortaleza de Minas, São José da Barra, São João Batista do Glória, Capitólio, Doresópolis, Pimenta, Vargem Bonita, Arceburgo, Jacuí, Itamogi, Monte Santo de Minas e São Tomás de Aquino.