Cultura Destaques

Secretaria terá auxílio para artistas

13 de Maio de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – A exemplo dos encontros que tem buscado promover com todas as áreas da prefeitura, para ouvir sobre realidade, demandas, ações e projetos, a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Turismo e Lazer da Câmara Municipal de Passos recebeu em audiência na última terça-feira, 11, o secretário municipal de Cultura e Patrimônio Histórico, Pedro Paulo da Silva. Entre as novidades apontadas, o titular da pasta disse que a Secretaria prepara uma lei municipal de auxílio emergencial para os artistas.

O secretário foi recepcionado pelo presidente da Comissão, vereador Maurício Silva, e respondeu a perguntas também dos vereadores Dirceu Soares, Aline Macedo e do presidente da Câmara, Alex Bueno. Pedro Paulo disse que as ações iniciais da Secretaria em relação a eventos estão tendo que ser adaptadas à pandemia, devido à questão de público. Sobre a idéia de uma ação para atender à crise vivida por quem depende das artes, explicou que Prefeitura vai disponibilizar R$ 100 mil para o auxílio emergencial para a classe artística, através da “Lei professor Wagner de Castro”, cujo projeto está sendo elaborado para ser enviado à Câmara Municipal.

Entre as regras já discutidas, ele disse que o auxílio deve prever ajuda de 3 parcelas de R$ 500 para pessoa física e de R$ 600 para pessoa jurídica, afirmando que apesar da limitação orçamentária a Secretaria deseja que esses recursos cheguem a quem realmente necessite. Entre os pontos já definidos, ressalvou que quem já foi beneficiado pela Lei Audir Blanc não vai poder concorrer para pleitear os recursos, observando que o edital será simplificado.

Respondendo sobre a reforma do prédio da Escola Municipal Francina de Andrade, ele explicou que por tratar-se de patrimônio tombado os projetos têm que incluir a área de restauro e que está acertado que todas as adaptações necessárias para o estabelecimento vão ser incluídas, inclusive se pensando na questão da acessibilidade. De acordo com ele, a administração tem planos também de restauro dos quadros do pintor Wagner de Castro, que estão em exposição na Casa da Cultura.