Destaques Geral

Secretária é eleita conselheira fiscal no Cogemas

Por Adriana Dias / Redação

23 de fevereiro de 2021

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

CÁSSIA – Dos 853 municípios, Cássia é uma das 16 cidades que conseguiu uma vaga na direção do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social (Cogemas) de Minas Gerais. A assembleia geral ordinária aconteceu na sexta-feira, 19, quando a Secretária Municipal de Assistência Social, Olga Borges Campos foi eleita para a função de conselheira fiscal da gestão 2021/2023.

Em entrevista à Folha, Olga informou que foi com grande satisfação e responsabilidade que recebeu o convite do ex-presidente e atual vice-presidente da entidade, José Ferreira da Crus, para compor a chapa eleita.

A Assembleia foi um momento de muita emoção e de reafirmação da entidade representativa dos gestores municipais, pela conclusão da gestão 2019/2021, que tinha como lema: ‘Nas Minas o SUAS é das Gerais’, que com muita maestria conduziu a agenda de luta, resistência e defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no Estado de Minas, nos últimos anos”, afirmou.

A eleição foi conduzida por Comissão Eleitoral presidida pela Secretária Municipal de Assistência Social de Timóteo, Rosanna Borges Moura, sendo apresentada chapa única inscrita, intitulada “Minas Unida em Defesa do SUAS”, que por unanimidade foi eleita.

Os novos integrantes da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal são: a presidente Ivone Pereira Castro, de Cordisburgo; a vice-presidência ficou com José Ferreira da Crus, de Belo Horizonte; a 1ª secretária será Marinete da Silva Morais, de João Monlevade e a 2ª secretária será Beatriz Dias P. Bahia, de Bertópolis. Integram ainda o 1º tesoureiro, Lucas Raffaelli Esteves, de Jacutinga e o 2º tesoureiro, Magna Cupertino, de Conselheiro Lafaiete.

Para o Conselho Fiscal foram eleitos os conselheiros Ivene Moura Pacheco, da cidade de Curvelo; Iolanda Meira, de Itamarandiba; Eduardo da Costa, de Bom Despacho; Jair Souza Leal, de Ibirité e Olga Borges Campos, de Cássia. Os suplentes são Viviane Souza França, de Contagem; Maria de Fátima Furtado, de Campo Belo; Mariana Ferreira, de Umburatiba; Daniele Magnavita de Alencar, de São Gotardo e Rafael Soares dos Santos, de Rio do Prado.

Conforme informou o ex-presidente do Cogemas, José Ferreira da Crus, cabe destacar que a nova composição da diretoria tem representantes de todos os portes populacionais, garantindo sempre a pluralidade e desenho territorial do Estado.

Este momento traduz de forma muito coesa que a unidade dos Gestores Municipais são as bases que sustentam a defesa deste, que sem dúvida, é o maior Sistema de Proteção Social do mundo”, disse.

Para a presidente eleita, Ivone Castro, o momento requer o fortalecimento das instituições em defesa do SUAS, assim como a coalisão entre estes para se avançar nas pautas que permeiam este Sistema, sobretudo, a questão da recomposição do orçamento 2021 e da ampliação dos recursos tanto em âmbito nacional quanto estadual.

Olga Borges Campos salientou a importância tanto para Cássia quanto para todo o Sul de Minas de ter representação no Cogemas.

É neste colegiado que buscamos fortalecer para todos as questões ligadas ao SUAS. O Suas está para a Assistência Social, assim como o Sistema Único de Saúde está para a Saúde nos municípios. Então, entendemos muito importante para a administração dentro da gestão do prefeito Rêmulo Carvalho Pinto, o Reminho”, disse a secretária.