Destaques Política

Saúde e farmácias são propostas mais comuns

Por Beatriz Silva / Redação

31 de outubro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS — Em continuidade à série sobre as propostas de governo dos candidatos a prefeito de Passos, a Folha apresenta, neste sábado, 31, por critério de sorteio, os principais objetivos para o setor de saúde. Os trechos presentes neste material foram retirados do portal “Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais”, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

André Husemann Patti deseja prover redes de cuidados intersetoriais que atendam o cidadão. Para isso, pretende implementar o programa “Quero Mais Saúde”. O candidato ainda almeja remodelar o sistema de gestão e funcionamento de toda a cadeia que envolve o setor de saúde, com foco principal no treinamento dos servidores.

Caso eleito, Patti promete um estudo para a implantação da gestão plena dos recursos da saúde, bem como para a instalação de um hospital municipal ou policlínica. Outra intenção é que os postos de saúde funcionem aos finais de semana – um em cada regional, em sistema de plantão e rodízio.

Diego Rodrigo de Oliveira quer melhorar o planejamento para licitações de compras de materiais e reestruturar algumas sedes das unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF). O postulante propõe reformar e reestruturar o prédio do antigo Ambulatório São Domingos, situado no bairro Jardim Colégio de Passos, além de promover a melhoria das equipes de saúde, para que não haja falta de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Ele também intenciona elaborar projetos para a construção de uma ala pediátrica no terreno anexo à unidade de ESF e à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e dar continuidade ao programa “Saúde no Campo”. Ainda em sua proposta, está prevista a obtenção de recursos para o término da obra inacabada nas imediações do Colégio Polivalente, local em que funcionaria o Hospital da Mulher. Por último, planeja reformar e ampliar integralmente o Centro de Especialidades São Lucas, além de, em um período de seis meses, zerar a lista de espera de pequenas cirurgias.


Farmácia 24h

O candidato Aquiles Grintaci Vasconcellos planeja a abertura da Farmácia Municipal aos sábados, domingos e feriados. Já Rodrigo Moraes Soares Maia promete aprimorar o sistema de licitações, contabilidade e de fiscalização do setor da saúde.
Maia pretende propor aos médicos um regime de produtividade e de compromisso com a carga horária de 8h/dia, eliminando o atendimento por fichas. Caso eleito, tem a intenção de criar uma ouvidoria na saúde, para ter canal aberto com as demandas da comunidade, bem como uma farmácia 24 horas na UPA.

Ele também quer atualizar e reorganizar o organograma da Secretaria de Saúde conforme modelos preconizados pelos governos federal e estadual. Além disso, por meio de parceria com a Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), planeja criar o “Centro de Convivência de Idosos”, com atendimento de terapia ocupacional, fisioterapia, educação física, psicologia, entre outros. Por último, o postulante pretende oferecer serviços voltados à saúde bucal nos Programas Saúde da Família (PSFs), e utilizar o antigo hospital Otto Krakauer para implementar o Centro de Especialidades Médicas.


Revisão, remodelagem e aposta na tecnologia

PASSOS – O candidato Alexandre Maia colocou no seu programa de governo que o sistema de saúde de Passos precisa passar por urgente reavaliação. O candidato buscará implementar, em sistema de gerenciamento eletrônico, o “Cartão Saúde Aplicação”, que deve informatizar e integrar todo o sistema de saúde do município, de modo a evitar o retrabalho e a realização de procedimentos desnecessários.

Todos usuários do sistema de saúde receberão um cartão magnético que conterá o seu prontuário médico, consultas e exames realizados, bem como remédios de uso contínuo que precisem receber nas farmácias do município. Caso se torne prefeito, a distribuição de medicamentos nas farmácias dos PSFs será racionalizada, por meio do gerenciamento eletrônico e descentralizada, de modo que os usuários do sistema de saúde tenham acesso aos medicamentos prescritos sem filas de espera e entraves burocráticos.

O último candidato sorteado, Juarez Moreira, planeja implementar o projeto “Passos Mais Saudável”. Neste programa, serão apresentadas metas e indicadores para a área de saúde, além de políticas públicas específicas para os mais diversos grupos populacionais. Em relação à infância, planeja-se executar a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança (Pnaisc), cujo compromisso é cuidar e proteger dos pequenos entre 0 e 9 anos de idade. Ações específicas de saúde também serão voltadas aos adolescentes.

Para a população adulta, Moreira pretende focar na prevenção de doenças e suas complicações. Quanto aos trabalhadores, um esforço será realizado para que eles sejam estimulados a realizar exames periodicamente. O candidato também assegura melhoria no atendimento do pré-natal realizado na Atenção Básica, com atenção humanizada e qualificada durante a gestação, o parto, o nascimento, bem como ao recém-nascido. Também há projetos relacionados ao controle do tabagismo e diabetes, obesidade e saúde da mulher.