Destaques Geral

Santa Casa de Passos retoma captação de córneas

2 de junho de 2021

Em Passos, o MG Transplantes havia suspendido as captações de córneas em abril de 2020 devido à pandemia :/

PASSOS – A Comissão Inter-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott) da Santa Casa de Misericórdia de Passos retomou a captação de córneas. O procedimento havia sido paralisado devido à pandemia de coronavírus, que ocasionou problemas como a diminuição do transporte aéreo, impossibilidade de doação por parte das pessoas falecidas em decorrência da doença e também por receio dos familiares em ir ao hospital para liberar a captação. No país, a queda nas doações de órgãos chegou a 52,7%.

Em Passos, o MG Transplantes havia suspendido as captações de córneas em abril de 2020. De acordo com o médico Patrick Jones Figueiredo, coordenador da equipe que realiza a captação na Santa Casa, durante a flexibilização da onda roxa, foi autorizada a retomada dos serviços, seguindo protocolos rígidos na realização dos procedimentos.
Segundo Marina Queiroz, assistente social do hospital e membro da Cihdott, já estão sendo realizadas buscas ativas por potenciais doadores a partir das novas recomendações de segurança adotadas após a pandemia.

“A chegada da pandemia modificou o protocolo de captação, no qual agora há a exigência do teste RT-PCR por Swab. Embora a coleta seja realizada no hospital, o resultado é obtido em laboratório em Belo Horizonte, envolvendo fatores como tempo e logística”, afirma Marina.

De acordo com o coordenador do Cihdott, Giovanni Henrique Verçosa, os benefícios aos pacientes que recebem o órgão são compensadores.

“Os pacientes aptos a receber uma doação de córnea voltam a enxergar, o que é uma maravilha, poder possibilitar esse direito a alguém é uma questão de cidadania e respeito”, afirma doutor Giovanni.

Com a equipe de oftalmologia da Santa Casa, a comissão atua junto às famílias a fim de sensibilizá-las para a doação. O hospital também promove campanhas de conscientização sobre a doação de órgãos. Cada doação ajuda mais de uma pessoa e caso não seja possível utilizar o material, ele segue para pesquisa, não sendo desperdiçado.

Campanha

A Supergasbras, uma das maiores distribuidoras de gás de cozinha no Brasil, lançou a campanha Minha Córnea Transforma Vidas, uma parceria com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), que possui um Banco Multitecidos, Banco de Olhos, Banco de Pele, Ossos e Ligamentos. A empresa passará a divulgar nas cartelas que acompanham os lacres dos botijões e nas suas redes sociais um material de conscientização sobre a importância da doação de córnea, um estímulo para que as pessoas avisem suas famílias sobre a preferência em serem doadoras. Na lei brasileira, a decisão sobre doar compete apenas à família e precisa ocorrer num prazo de apenas seis horas após o óbito.