Destaques Esporte

Sampaoli quer trio do Vasco no Atlético

8 de abril de 2020

BELO HORIZONTE – O técnico Jorge Sampaoli aproveita a parada forçada do futebol brasileiro devido à pandemia pelo novo Coronavírus para mapear o mercado. Ao assumir o comando do Atlético-MG pouco antes da interrupção das competições, o argentino exigiu ao presidente Sérgio Sette Câmara reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. Eliminado precocemente de Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, o Galo busca a redenção com o bicampeonato nacional – título que não vem desde 1971.

Sampaoli indicou a contratação de Mariano, lateral-direito do Galatasaray (TUR), mas com quem trabalhou no Sevilla (ESP), em 2016. O treinador tem interesse em 3 jogadores do Vasco da Gama e a lista já está nas mãos de Alexandre Mattos. São eles: os volantes Andrey e Raul e o atacante Marrony.

Enfrentando, talvez, a pior crise financeira de sua história, o Vasco tem necessidade de vender jogadores na próxima janela para quitar dívidas e aliviar a folha salarial. De acordo com a Gazeta, por Marrony, o presidente Alexandre Campello pede um valor à vista em torno de R$ 14,5 milhões, o que assustou inicialmente o Galo. A multa rescisória do atacante de 21 anos para o exterior é de 35 milhões de euros (mais de R$ 200 milhões na cotação atual), mas a necessidade de fazer caixa faz a direção aceitar negociar por uma quantia menor.

O meia equatoriano Juan Cazares do Galo está fora dos planos de Sampaoli no clube mineiro. Com isso, a saída do jogador por empréstimo pode ser uma saída para quem deseja contar com o futebol do meia.

Por sua vez, Andrey é um dos destaques do Gigante da Colina em 2020. Mesmo com o péssimo trabalho de Abel Braga no comando técnico, o camisa 15 vinha sendo titular com ótimos números. Aos 22 anos, ele tem multa avaliada em 20 milhões de euros (cerca de R$ 115 milhões) e vem sendo observado por clubes de fora.

Já Raul, de 23 anos, não é uma joia revelada no CT do Almirante. Ele desembarcou na Colina em 2018 após boa passagem pelo Ceará e é outro que vem tendo boa regularidade com o manto cruz-maltino. Obviamente que as negociações devem continuar nesses próximos dias de quarentena, mas qualquer definição só vai acontecer após o retorno do futebol. Ramon Menezes acabou de assumir o comando técnico e deve avaliar a consulta do Atlético juntamente com seu braço direito Antônio Lopes.