Destaques Geral

Paróquia São José é a mais nova de Passos

Por ADRIANA DIAS / Da Redação

5 de setembro de 2020

Foto: Douglas Arouca

PASSOS – A nona e última das paróquias de Passos a ser retratada pelo projeto Roteiros da Fé é a São José que fica no Jardim Vila Rica, atendendo também fieis das comunidades de Nossa Senhora do Rosário, que tem igreja, no bairro Casarão, dentro do Condomínio das Nações a comunidade São João Paulo II, na Cantina Dona Bernadete para os bairros de Belo Horizonte e Novo Horizonte e uma dentro do Condomínio Vale Verde. Também na capela do Centro de Aprendizagem Pró-Menor de Passos (Capp). E, ainda os condomínios Monte Belo, Serra das Brisas.

Para abrilhantar as imagens feitas por Douglas Arouca, o violonista Celso Faria tocou a Estudo em Lá maior, de Napoleon Coste. A partir do próximo domingo a Folha traz as 14 igrejas que fazem parte das nove paróquias e uma da zona rural que representará todas as outras.
Por ser bem novinha a igreja conta com a possibilidade de seus paroquianos que a começaram, contarem a história. De acordo com o primeiro e único pároco até o momento, padre Gledson Antônio Domingos, natural de Conceição da Aparecida, a paróquia começou pela iniciativa de moradores dos novos bairros que foram sendo criados próximos ao Vila Rica. Em Passos desde agosto de 2015, quando veio para a paróquia de São Benedito por 1 ano e 11 meses. No dia 19 de agosto de 2017 tomou posse na Paróquia São José.

Conforme um levantamento feito e repassado pelas paroquianas Maria do Rosário Caetano Esper, Maria Amélia de Oliveira Macedo e Janyelle Severino Alves, no final da década de 1970 foi criado o bairro Parque Residencial Vila Rica.

Ao longo dos anos o bairro se fortalecia na fé. Com o crescimento do bairro e a participação das pessoas nas atividades religiosas, o mesmo foi um dos escolhidos para sediar as Santas Missões que ocorreu no período do dia 17 de maio a 9 de junho de 1996. A partir dessas Missões foi criada a Comunidade São José. A Comunidade passou a pertencer à Paróquia de São Benedito”, contaram.

A partir de 1996 a comunidade foi crescendo através dos Grupos de Famílias, de Estudos e Reflexão que eram reunidos em uma sala cedida pela Associação dos Moradores do Parque Residencial Vila Rica, que mais tarde também foi cedida para os encontros de Catequese de Primeira Eucaristia e do Grupo de Jovens São José, que encerrou suas atividades no ano 2007. Esporadicamente, nos dias 19 (em honra a São José) o padre Elizeu Guimarães começou a presidir as celebrações na sede da Associação de Moradores do Parque Residencial Vila Rica (conhecido como Moranguinho).

No ano 2000 houve a compra do terreno na Avenida Montese para futura instalação da Igreja São José. Aos poucos a comunidade foi se estruturando e se fortalecendo. Em 25 de março de 2003 padre Francisco Carlos Pereira, o Carlinhos assumiu a Paróquia de São Benedito. A partir desse ano, no dia 12 de outubro iniciaram-se as celebrações dominicais às 17h30min, sediadas no mesmo local (Moranguinho) e, também todos os dias 19 de cada mês, em honra a São José. No dia 19 de março de 2006 houve o lançamento da pedra fundamental da futura Igreja São José. As obras iniciaram em 19 de agosto de 2006 com a marcação da curva de nível do terreno, a construção iniciou-se no dia seguinte e continua nos dias atuais. Durante a construção da Igreja já foram realizadas diversas campanhas, como por exemplo, para pagar a compra do terreno e depois para dar início à construção, a denominada “campanha dos carnês” que durou alguns anos (05/2006 a 12/2012).

Três anos depois, no dia 19 de agosto de 2009 as celebrações passaram a ser definitivas na futura Igreja São José. Devido a grande área de jurisdição da Paróquia de São Benedito, a construção da Igreja São José e a construção de um novo centro de pastoral da Paróquia, o Pe. Claudionor de Barros (vigário) chega a Matriz São Benedito para ajudar o padre Carlinhos na missão de evangelização. Em 2011, por determinação da Diocese de Guaxupé, são transferidos os Padres Carlinhos e Claudionor, até então as obras eram coordenadas pelo Pe. Carlinhos. Para assumir a Paróquia de São Benedito veio primeiramente o padre Robison Inácio (pároco) e em seguida padre. Sebastião Marcos (vigário). No final do ano 2012, deu início à campanha dos pisos para a futura Igreja São José que se estendeu no primeiro semestre de 2013. Terminada essa campanha começou a campanha para arrecadar fundos para a compra dos bancos da Igreja.

A missa da dedicação da Igreja São José ocorreu no dia 19 de dezembro de 2013. Foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom José Lanza Neto, e os concelebrantes padre Robison, padre Marcos e outros padres que fizeram parte da história da Paróquia de São Benedito. Na ocasião da dedicação foi colocada embaixo do altar uma relíquia da Beata Nhá Chica e ocorreu a inauguração da Capela do Santíssimo.Como se pode perceber o dia 19 tem um grande significado para essa Comunidade, pois, é o dia que fazemos memória ao nosso padroeiro, além de vários acontecimentos marcantes aconteceram nesse dia.

No ano de 2015 padre Robison Inácio de Souza Santos e padre Sebastião Marcos são transferidos para outras atividades a serviço da Diocese de Guaxupé. A última missa presidida por padre Robison na Paróquia foi no dia 2 de agosto de 2015. Padre Eder Carlos de Oliveira assumiu temporariamente a Paróquia de São Benedito e logo em seguida, no dia 2 de setembro de 2015 padre Gledson Antônio Domingos é nomeado pároco. No dia 2 de dezembro de 2016, padre Riva Rodrigues de Paula é acolhido como vigário de nossa Paróquia. No dia 16 de julho de 2017 padre Riva encerra suas atividades na Paróquia de São Benedito. No dia 30 de julho de 2017 padre Gledson conclui seu trabalho pastoral como pároco na Paróquia de São Benedito. Padre Gilvair Messias da Silva torna-se pároco da Pároquia São Benedito no dia 2 de agosto de 2017.

No dia 19 de agosto de 2017, houve a Ereção Canônica da Paróquia São José tendo como primeiro pároco padre Gledson Antônio Domingos. A missa foi presidida pelo bispo Diocesano Dom José Lanza Neto com a presença de vários padres, sendo que alguns deles fizeram parte da história da Paróquia de São Benedito. Sobre a construção e arquitetura o Roteiros da Fé apurou que o início da construção foi no dia 20 de agosto de 2006 e o projeto da Igreja São José foi elaborado pelo arquiteto Ivan Vasconcelos e recebeu a supervisão do engenheiro civil Osvaldo Barbosa. Por se tratar de um terreno em declive o projeto é constituído por três pavimentos e o templo fica no piso superior.Em entrevista para o Roteiros da Fé o arquiteto Ivan Vasconcellos disse na sexta-feira, 4, ter projetado a igreja com a concepção de limpeza.

São José era carpinteiro e, para os católicos, o símbolo da simplicidade. Então, pensamos em dar este sentimento de espaço com o mínimo necessário. O maior atrativo do prédio é justamente o se espaço. O que chama mais atenção quando estamos dentro da igreja é a sensação de vazio de coisas. Ela se eleva de baixo pra cima e dá a impressão de acolhimento, de envolvimento. E toda a projeção termina no altar. O altar foi idealizado para ficar de uma maneira que todas as pessoas voltem seus olhares para ele e o próprio telhado da igreja se confunde com a parede. Não tem parede e telhado visto de forma separada. Para quem não conhece vale conhecer. Tenho muito orgulho de ter projetado aquele espaço de fé”, afirmou Vasconcellos.

Sobre o Roteiros da Fé, padre Gledson disse ter achado muito interessante e importante para que as pessoas não percam a história.

Passos é uma cidade extremamente religiosa, percebemos isso não só em freqüências de missas, mas nos lugares que vamos, sempre tem uma imagem de algum santo de devoção exposto em lojas, empreendimentos, nos braços e pescoços em formas de adornos e até mesmo em tatuagens de recordação. E, viver a religião é viver Deus”, salientou o pároco.

O projeto Roteiros da Fé foi idealizado e produzido pela jornalista Adriana Dias, conta com as imagens e filmagens de Douglas Arouca, músicas ao violão de Celso Faria, gravação e mixagem de Denilson César dos Reis, criação do logo de Armando Vidigal. Das 24 igrejas, este é o nono vídeo e pode ser visto em https://clicfolha.com.br/folhaplay/roteiros-da-fe-igreja-de-sao-jose/