Destaques Geral

Rompimento de adutora do Saae provoca falta de água no Natal

28 de dezembro de 2020

Diversos bairros foram afetados com a falta de água causado pelo rompimento de uma adutora. / Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS- Muitos passenses ficaram sem água em casa no Natal, isso porque diversos bairros foram afetados pelo rompimento de uma adutora. Nos últimos dois dias, inúmeras reclamações foram feitas em grupos do Facebook e, também, na página do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).


Você também pode gostar de:

Bolsonaro sobre início de vacinação no mundo: “ninguém me pressiona”

Segundo o diretor-geral do Saae, Pedro Teixeira, a falta de água foi ocasionada pelo rompimento de uma adutora no distrito industrial I, por volta das 15h de quinta-feira, 24. Com isso, foi preciso fechar a água para realizar a manutenção. Há diversos reservatórios na cidade e, como informou o diretor, a parte que ficou mais comprometida foi a abastecida pelo Sistema Rio Grande Abastecimentos, que compõe os bairros Bela Vista, Coimbras, Carmelo e as partes altas como Primavera I e II, Jardim Satélite, Jardim Panorama, Cohabs e Penha.

Logo que foi rompeu, nós deslocamos as equipes de manutenção para lá e eles ficaram boa parte do dia fazendo essa recomposição da adutora. Para fazer qualquer tipo de intervenção obviamente tem que fechar a água e os bairros, justamente por ser véspera de natal, são locais que infelizmente acabam consumindo muita água nesse período. Depois que conseguiu consertar a adutora, no final da tarde do dia 24, todos os reservatórios se esvaziaram”, explicou.

Com o esvaziamento dos reservatórios, devido ao alto consumo, para que a água seja levada para esses locais mais altos é necessário o bombeamento, que precisa de no mínimo de 20 a 30% da capacidade do reservatório para bombear.

Fizemos algumas manobras porque temos o sistema bocaina de abastecimento, fechamos em algumas localidades durante um período para que as localidades mais altas pudessem, algumas pates delas, ter água em algum período. Nós monitoramos durante esse período, deixamos uma equipe fazendo essas manobras porque são fatos que fogem do nosso controle, quando se estoura uma adutora por conta de pressão ou algo nesse sentido, tem que ser feito o reparo, imagina você ficar duas, três ou quatro horas sem água na rede? Infelizmente acontece esse problema e, geralmente são as regiões mais altas que tendem a ficar sem água”, esclareceu Teixeira.

Ainda segundo o diretor, até este sábado, 26, o abastecimento dos bairros seria normalizado. O diretor recomendou, também, que quando a população notar que está sem água é para verificar com os vizinhos se é um problema pontual ou coletivo e entrar em contato com o Saae por meio do telefone de plantão 3526-3975 ou 98847-4691.