Destaques Política

Renatinho denuncia possível crime eleitoral

21 de outubro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Após denúncia feita por uma candidata à vereadora em Passos, de que um servidor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) estaria entregando “santinho” do vereador Erick Freire Silveira junto com a conta de água, o prefeito Carlos Renato Lima Reis, o Renatinho Ourives, pediu ao Ministério Público apuração de possível crime eleitoral. O pedido foi feito nesta terça-feira, 20.

Conforme o documento assinado pelo prefeito e também pelo controlador, Marcelo Oliveira Vasconcelos, e entregue ao promotor eleitoral, Eder da Silva Capute, o chefe do Executivo informou a instauração de processo administrativo disciplinar em desfavor de funcionário público lotado na autarquia, com base no artigo 157 do Estatuto do Servidor Público.

É vedado ao servidor público se valer do cargo para tirar proveito próprio ou para outrem em detrimento da dignidade da função pública”, apontam no pedido. Em outro documento, a chefe de Gabinete, Olga Aparecida Borges Bastos de Oliveira, deu ciência ao diretor do Saae, Pedro Teixeira, sobre a denúncia recebida contra um servidor em suposto crime eleitoral e pediu imediata abertura de processo administrativo para apuração da referida denúncia.

No memorando com a denúncia foram apresentadas imagens de uma câmera de segurança de um condomínio de luxo em Passos, no qual o servidor teria colocado o “santinho” junto com a conta de água. Sobre o assunto, o vereador e candidato à reeleição Erick Freire Silveira informou não ter conhecimento do assunto. “Nunca pedi para ninguém de qualquer órgão público fazer isso”, salientou.