Destaques Geral

Rede Estadual de Ensino inicia aulas remotas nesta segunda

Por Ézio Santos / Especial

18 de Maio de 2020

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, explicou as ferramentas propostas. / Foto: Divulgação

PASSOS – A Superintendência Regional de Ensino (SRE), por determinação da Secretaria de Estado da Educação, dará início nesta segunda-feira, 18, ao ‘Regime de Estudo não Presencial’ nas escolas da Rede Estadual de Ensino. O mesmo procedimento foi adotado dia 27 de abril nos estabelecimentos do município de Passos pela Secretaria Municipal de Educação (SME).

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, explicou o funcionamento das ferramentas propostas para viabilizar o ensino remoto e tranquilizou professores, alunos e familiares sobre a continuidade dos estudos durante o período de distanciamento social. “Não haverá atividades de professores e alunos em escolas, nem há com o que se preocupar. Professores não têm que se dirigir a elas. Esse acompanhamento deverá ser feito, integralmente, de suas casas”, afirmou.

A estratégia apresentada está alinhada às orientações propostas pelo Comitê Extraordinário Covid-19, coordenado pela SES-MG, como medida para o enfrentamento e controle da pandemia de coronavírus. Na coletiva, Júlia também ressaltou que todas as atividades serão feitas em casa e que as escolas permanecerão fechadas enquanto for necessário.

De acordo com a secretária, o modelo adotado em Minas Gerais foi desenvolvido em sintonia e diálogo com professores, equipe pedagógica e instituições ligadas à educação. Todos os recursos foram pensados para garantir que seja contemplado o maior número possível de alunos, de modo que possam seguir tendo direito ao aprendizado, sem ficarem expostos às aglomerações e a riscos neste momento.

Continuidade dos estudos

A situação de ensino remoto vai possibilitar que os alunos da rede pública estadual sejam menos afetados na evolução de seu processo formativo, preparando os estudantes para que sejam impactos o mínimo possível no momento em que as atividades presenciais forem retomadas.
Segundo Júlia, o diálogo e o esforço de gestores e professores foram fundamentais para que Minas Gerais elaborasse um modelo de destaque nacional, com os recursos elogiados por instituições ligadas à educação. “Estamos com as melhores ferramentas do país. A gente não admitiu que não fossem usadas as melhores ferramentas, dispôs recursos financeiros para garantir isso”, ressaltou. “Vamos conseguir ter bastante orgulho no processo”, acrescentou.

Para o Regime de Estudo não Presencial, foram estruturadas três recursos que vão funcionar de maneira complementar nesse período: ‘Plano de Estudo Tutorado (PET)’; o aplicativo Conexão Escola; e o programa de TV ‘Se Liga na Educação’ que será exibido pela Rede Minas. Além disso, as redes sociais e o site da SEE também ajudarão na integração das ações.

A estreia do programa ‘Se Liga na Educação’ será dia 18 e o aplicativo estará disponível no Google Play Store na mesma data. Em breve, será disponibilizado também na Apple Store. A navegação na plataforma será custeada pelo Governo de Minas. Os planos de estudo tutorado foram disponibilizados dia 12 de maio no site “estudeemcasa.educacao.mg.gov.br”.

Para superintendente, nada melhor que aluno e professor na escola

PASSOS –Eu acredito que o Regime de Atividades não Presenciais está longe do ideal, pois nada substitui o contato presencial de aluno e professor, porém é o que temos para este momento, um instrumento que nos permite aproximarmos de nossos alunos, para minimizar este distanciamento e a falta da escola na vida dos mesmos”. A opinião é de Lael Helena Keller Souza, superintendente Regional de Ensino de Passos.

“Gostaria de ressaltar que os gestores escolares estão trabalhando na logística da entrega de materiais para os alunos sem acesso à internet, pensando sempre na preservação da saúde deles e nenhum vai ficar sem o material. Não haverá entrega de PET’s nas escolas, portanto permanecerão fechadas. Quero comunicar aos nossos alunos e pais ou responsáveis que se tranquilizem, porque todas as orientações chegarão nos lares de cada um, no momento certo e da forma correta. A SEE, na pessoa de nossa secretária Julia Sant’Anna tem muita responsabilidade e preocupação em fazer sempre o melhor e da forma correta”, concluiu Lael.

Estamos em um ‘Regime Especial de Atividades Não Presenciais’, regulamentado para atender a essa situação emergencial. O objetivo é dar aos estudantes a possibilidade de continuidade ao processo de desenvolvimento cognitivo e proporcionar através de algumas atividades educacionais essa aproximação, mesmo que fora do convívio escolar”, continuou.

Lael revelou que desde o início da suspensão das aulas, dia 18 de março, está sempre em contato com a secretária Municipal da Educação. Zineti Guimarães Rattis, bem como com todos os secretários dos outros 15 municípios jurisdicionados à SRE de Passos. “Fazemos reuniões quase que semanalmente através do Google Meet para discutirmos o melhor caminho a se tomar, mediante as orientações da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), CNE e SEE”.

O PET vai nortear as atividades no período de isolamento social e haverá o programa ‘Se liga na Educação’ a ser transmitido pela Rede Minas de TV. Já o ‘Aplicativo Conexão Escola’ terá um chat para professores e alunos interagirem. Todo o ‘Regime Especial de Atividades não Presenciais’ será somado ao calendário escolar e está sendo construído em parceria com o CEE. Sobre o retorno das aulas presenciais com segurança total para os servidores da Educação, Lael revelou que apenas as organizações de saúde sinalizarão com a possibilidade.

Os 16 municípios que estão sob a jurisdição da SER de Passos são Formiga, Piumhi, Capitólio, São Roque de Minas, Vargem Bonita, Pimenta, Córrego Fundo, Doresópolis, Carmo do Rio Claro, Alpinópolis, Fortaleza de Minas, Delfinópolis, São José da Barra, Bom Jesus da Penha, São João Batista do Glória, totalizando 28 mil alunos matriculados em 2020. Só em Passos são cerca de 11 mil.

O número de escolas estaduais sob a supervisão da SRE é de 49, mais as municipais e particulares. Em Passos são Colégio Tiradentes da Polícia Militar, 17 estaduais, 24 municipais e aproximadamente 20 particulares.