Destaques Esporte Rápidas

Rápidas

7 de Maio de 2020

Máster

O presidente José Carlos Peres disse que o Santos chegou a acertar o patrocínio máster numa reunião no Rio de Janeiro, no dia 13 de março, pouco antes da paralisação do futebol brasileiro em meio ao novo coronavírus. Peres, porém, disse que o acordo foi adiado e deve ser retomado num futuro próximo. O Peixe não tem o máster desde 2018. “Estamos nos finalmente. Tem um baita interesse, a marca do Santos é extraordinária”, afirmou o presidente.

Bryan Ruiz

O presidente do Santos, José Carlos Peres, lamentou o insucesso de Bryan Ruiz. O meia foi contratado com status de titular absoluto e foi recebido com festa no aeroporto, mas não vingou e está no time B. Peres disse que o costarriquenho está “micado” e cogitou a possibilidade de “macumba”. “Bryan Ruiz não deu certo no Santos. E não foi culpa do Santos. Ele não conseguiu se firmar dentro do clube” comentou o presidente.

“Não é hora”

Após se consultar com Renato Gaúcho nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vem buscando contato com outros técnicos de futebol do Brasil. Na pauta, ele tenta o apoio para a retomada do esporte em meio à pandemia. A resposta, no entanto, vai exatamente contra o que o líder do executivo defende. Treinadores revelaram o discurso passado ao chefe do executivo de que “ainda não é hora” de fazer a bola voltar a rolar nos gramados.

Desempregado

Quase cinco meses de desemprego é uma situação inédita em 12 anos de carreira. O zagueiro Douglas costumava ser disputado no mercado da bola. Depois jogou no São Paulo e na Chapecoense, onde terminou o Campeonato Brasileiro como titular e capitão no ano passado, tinha boas expectativas para 2020, mesmo com o rebaixamento, e não renovou contrato com a ideia de voltar para o futebol europeu. Ele só não contava com a pandemia que paralisou o esporte.

ESPN

Em votação realizada pelos conselheiros do Cade ontem, foi aprovada a fusão da ESPN com a Fox Sports. A aprovação prevê algumas obrigações para a Disney, como manter o funcionamento integral do canal até o dia 31 de dezembro de 2021, com a exibição da Copa Libertadores sendo obrigatória. Entretanto, há uma novidade: o conselho permite que canais irmãos possam usufruir os direitos. Ou seja: a ESPN poderá transmitir jogos da Copa Libertadores em sua marca.

Solidariedade

O Cruzeiro doou três mil máscaras para a Central Única das Favelas de Minas Gerais (CUFA Minas) em parceria com o frigorífico Saudali, patrocinador do clube. Alisson Guimarães, gerente de marketing celeste, reforçou a importância da boa ação como forma de abreviar a luta social nesse momento. “Essa ação do Saudali em conjunto com o Cruzeiro, em prol de comunidades mais necessitadas, só reforça nosso compromisso social” disse o profissional.