Destaques Esporte

Ralph e Capixaba voltam à folha de pagamento do Atlético

28 de abril de 2020

BELO HORIZONTE – Se não houvesse a pandemia do coronavírus, a grande maioria dos campeonatos estaduais de 2020 teria se encerrado no último domingo. Por exemplo, o Mineiro e o Paulista já saberiam seus campeões. A covid-19 paralisou tudo, mas ainda não teve decisão sobre tempo de contrato dos jogadores. Tanto é que dois atletas do Atlético-MG, que estavam emprestados até o domingo passado (26 de abril), voltaram a ter registros no BID, como atletas do Galo, na segunda-feira, 27.

O volante Ralph e o meia-atacante Capixaba, revelações das categorias de base alvinegras, mas sem espaço no time principal, foram cedidos no primeiro semestre para o Coimbra e o Grêmio Novorizontino-SP, respectivamente. Ambos, agora, voltam a pertencer à folha salarial do Atlético, cujo elenco profissional segue de férias até a próxima quinta, com tendência de licença remunerada a partir de maio.

No Coimbra, Ralph fazia parte da equipe que lutava para não ser rebaixada para o Módulo II, torneio na qual é o atual campeão da edição 2019. O jogador foi titular na rodada que antecedeu a paralisação, na vitória sobre o Cruzeiro. Ele tem contrato com o Atlético até 2022.

“O contrato acabou ontem (segunda), vamos esperar voltar ao Atlético para ver como fica” disse o diretor-executivo do Coimbra, Hissa Moysés.

O Coimbra ainda detinha Alex Silva e Daniel Penha sob empréstimo, contando os jogadores cedidos pelo Atlético. O lateral, entretanto, havia rescindido por problemas particulares, e o meia ainda está “preso” ao clube de Contagem-MG.

No Grêmio Novorizontino, Capixaba também só tinha contrato até o último fim de semana. Ele tem contrato com o Atlético até o fim do ano que vem e, no interior paulista, era reserva, mas marcou um gol em oito jogos dos 10 possíveis.