Destaques Geral

Queijo da Serra da Canastra é escolhido o melhor de Minas

16 de dezembro de 2020

Minas é destaque como maior e mais importante produtor de queijos artesanais do Brasil. / Foto: Divulgação

VARGEM BONITA – Untuoso, frutado, com uma leve doçura. Feito de leite, “pingo” e sal. Este é o queijo mais perfeito de Minas Gerais, o que não é pouca coisa. A iguaria, produzida na cidade de Vargem Bonita, na Serra da Canastra, venceu o Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal, edição especial 300 anos de Minas Gerais, divulgado nesta segunda-feira, 14, pela internet.

Nós somos da primeira cidade banhada pelo Rio São Francisco. E lá a gente produz um queijo com muito carinho. Isso já vem de família”, disse Reinaldo de Faria Costa, produtor que deu o próprio nome à criação, “queijo Reinaldo”. A produção fica na Fazenda Capivara. Ele começou a produzir queijo muito jovem, atividade que aprendeu com seus pais. Na propriedade, são produzidas 30 peças por dia. Reinaldo de Faria Costa, comercializa os queijos de sua propriedade, no aeroporto de Confins, que fica na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e em diversas regiões de Minas Gerais. Reinaldo Costa também vende a iguaria nos estados de São Paulo e Goiás, além de Brasília.

O queijo da propriedade do Reinaldo recebeu do júri técnico nota 95 de um total de 100. Em 2º lugar ficou Guilherme Henrique Silva e em 4º lugar Freire Fregúgia da Silva Júnior, ambos do município de São Roque de Minas O presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, destacou a importância dos concursos para a cadeia produtiva do queijo e do café.

As competições valorizam a importância econômica, cultural e social desses produtos, com a marca de Minas Gerais. Elas também têm papel educativo, com interação entre produtores e técnicos para a melhoria do produto final. Além disso, os concursos aproximam os produtores dos mercados mais exigentes, que demandam queijos e cafés de qualidade”, disse.

O concurso reuniu 185 queijos diferentes das regiões produtoras de Araxá, Campo das Vertentes, Serra da Canastra, Serro, Salitre, Cerrado e Triângulo Mineiro. O “queijo Reinado” foi o mais bem pontuado. Ele conquistou 95 dos 100 pontos avaliados pelos jurados. “Eu estou muito feliz”, disse ele. Não é pra menos, afinal Reinaldo produz a melhor iguaria que define o estado de Minas Gerais. Queijo é bom demais.