Destaques Geral

Projeto que prevê a instalação de empresa em Itaú de Minas é apresentado na Câmara

Por Talita Souza / Especial

8 de julho de 2021

Foto: Divulgação

ITAÚ DE MINAS – O secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Turismo de Itaú de Minas, Mackson Antônio da Silva, apresentou na Câmara o projeto referente a vinda da empresa Treat Couro para o município na noite de ontem, 6. De acordo com o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Turismo, a vinda da empresa de curtume para Itaú Minas foi uma demanda do Executivo em busca da geração de empregos.

Não é por acaso. Foi estudado bem o caso, para chegarmos ao posicionamento de trazer a empresa para cá. É uma empresa familiar, criada na década de 80, como uma fábrica de calçados. Atualmente, a empresa atua em várias modalidades”, explicou Silva.

Ainda de acordo com Silva, a Treat Couros será instalada em um terreno que estava abandonado no Distrito Industrial.

Será realizada uma área verde como compromisso da Treat com o município. Em 2022, será construído um segundo barracão, duplicando a produção conforme está no contrato. O que a Treta vai trazer? O que ela vai representar em Itaú de Minas? Ela vai inserir 1,2% na taxa de trabalhadores formais em Itaú de Minas”, disse.

Durante a reunião, o secretário esclareceu dúvidas dos vereadores referentes a mão de obra que será utilizada pela empresa e o terreno que foi cedido para a Treat Couros ser instalada no município.

Um dos requisitos foi já ter o CNPJ no município. O segundo requisito e item de contrato é que a mão de obra será de Itaú de Minas. A Treat é uma empresa que tem condição de capital, será um investimento inicial de R$ 7 milhões no município. Em relação ao terreno, vem escrito doação no documento, mas é doado enquanto a pessoa estiver cumprindo todos os requisitos. A partir do momento que for descumprido o que está escrito na lei, vai haver a tomada de posse”, esclareceu o secretário.