Destaques Geral

Produtores do Carmo começam programa de gestão e qualidade

30 de março de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – Cafeicultores de Carmo do Rio Claro participam do Programa Gestão com Qualidade no Campo (GQC), do Sistema Faemg/Senar/Inaes, em parceria com o Sicoob Credicarmo. O programa começou em março para 20 produtores de dez propriedades e será desenvolvido por três meses com aulas e consultorias.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Parceria
  • Casal aponta os resultados do GQC Leite

A proposta é promover a mudança de agricultor para empresário rural por meio do conhecimento sobre gestão e qualidade, gerenciamento de processos e implementação de indicadores de desempenho, entre outros. Espera-se que ocorra a eliminação de desperdícios, melhorias da qualidade, adequação às exigências do mercado e utilização de indicadores que auxiliem na tomada de decisão.

O instrutor Paul Markus Angst, que conduz o programa, destaca a turma tem grande potencial. Muitos são estudantes de Agronomia e outros já concluíram a graduação e estão focados na produção do café. O trabalho começou antes do decreto da onda roxa em Minas Gerais e, agora, segue com atendimento aos produtores de forma remota.

A produtora Cinthia Francielle Leandro e a mãe dela, Claudete Valeriano Leandro, são participantes do programa e só têm elogios. Cinthia trabalha com o pai Adevair Leandro nos 5,4 hectares de área plantada. Nos seus projetos, está a produção de cafés especiais.

O programa tem mostrado como nos organizar e mudado o meu modo de encarar a cafeicultura. Não dava importância a alguns processos que, agora, sei o quanto são importantes. O GQC está abrindo novos caminhos”.

Parceria

A busca por eficiência no campo é a proposta do Sicoob Credicarmo, parceiro do Sistema e do Sindicato nesta turma.

Nosso intuito é trazer, para os produtores rurais e gerentes de propriedades, mais metodologia e condições para enfrentar os problemas atuais”, disse o presidente da cooperativa, Rodrigo Reis de Azevedo.

Ele também destaca a mudança cultural proposta pelo GQC.

O programa mostra como administrar a atividade. Isso gera ganho cultural, social e financeiro para as famílias e dá condições para permanecerem na atividade. O GQC é muito completo. Estamos empenhados em fazer mais parcerias em 2021 e nos próximos anos”.


Casal aponta os resultados do GQC Leite

PASSOS – O casal Roberto Lemos de Carvalho e Carla Beatriz Alves Silva já participou do GQC em 2017 e transformou as atividades da Fazenda Santa Rita. Naquele momento, Carla produzia queijos de forma artesanal em uma tentativa de ampliação. O programa foi determinante para eles abrirem uma agroindústria.

O GQC foi muito bom para o planejamento e a organização da fazenda, porque conseguimos separar a agroindústria. A instrutora Claudia Beatriz Muro de Carvalho nos ajudou muito em todo processo”.

O casal trabalha com a raça Jersey, criada a pasto, e comercializa leite, manteiga e queijos minas frescal e parmesão. No início, 150 litros/leite/dia eram destinados à produção, hoje são 650 litros. O restante é comercializado para laticínios da região.