Destaques Esporte

Presidente do Santos diz que Barcelona tentou ‘passar a perna’ no caso Neymar

7 de Maio de 2020

SANTOS – José Carlos Peres disse que o Barcelona, da Espanha, tentou passar a perna no Santos. O presidente lembrou dos casos de Neymar e Rodrygo.

O Peixe tem processo na Fifa contra Neymar e o Barça. E o clube catalão tentou contratar Rodrygo, hoje no rival Real Madrid.
“A turma fala dos processos na Fifa contra a gente, mas ninguém fala do que temos para receber. Temos 10 milhões de euros na Fifa pelo caso do Barcelona com o Neymar. A transação do Gabigol para o Flamengo, 4% sobre ela. E temos também a dívida de 4,5 milhões de euros do Barcelona pelo jogo que não foi feito. Entramos na Fifa e na Espanha, por uma equipe de advogados. Eles não queriam fazer, quando entregamos para os advogados quiseram fazer o jogo. Falei para marcar, queriam março. Falei que não dava, temos Campeonato Paulista e início de Libertadores. E em janeiro não dava para eles. Criam problema, mas terão de pagar. Está no prazo”, disse Peres, ao “Blog Soul Santista”.

“Quando eu estava negociando o Rodrygo, Barcelona veio com o gerente geral. Ofereceram 29 milhões de euros, falaram que chegaram na exaustão. Falaram em 29 e liberar os 4,5 milhões (do amistoso) em 30 ou 60 dias. Juntamos isso no processo. Tentaram me passar a perna, mas não me passaram. Tive paciência e trouxe 54 milhões de euros para o Santos (na venda ao Real Madrid). Falo que temos que ser goleiros no clube, defender em primeiro lugar. Todos passam, mas o clube permanece. Entre gostos pessoais e instituição, sou a instituição. Isso me custa caro, falam que brigo com todos. Não brigo com ninguém, brigo pelo Santos”, completou o presidente.

Enquanto o “processo maior” contra o Barcelona corre na Justiça, o Santos tenta liberar R$ 2,5 milhões da negociação pelo mecanismo de solidariedade da venda de Neymar ao PSG.