Destaques Esporte

Reunião com o prefeito deixa presidente do PFC otimista

Por Ézio Santos/ Especial

8 de Maio de 2021

VIRGÍNIO (TERCEIRO DA ESQ. PARA A DIR.) ESPERA QUE O PREFEITO APOIE A VOLTA DO FUTEBOL PROFISSIONAL EM PASSOS . / Foto: Divulgação

PASSOS – O presidente do Passos Futebol Clube (PFC), Virgínio Leopoldino, revelou nesta sexta-feira, dia 7, que saiu bastante otimista da audiência que participou na tarde do dia anterior no gabinete do prefeito Diego Rodrigo Oliveira (PSL). Ele adiantou que foi muito bem recebido e sentiu otimismo no bate-papo com o político, quanto ao retorno do futebol profissional na cidade, cujo principal objetivo é disputar o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, ainda em 2021.

Garanto que o tricolor passense depende única e exclusivamente do estádio Municipal Geraldo Starling Soares para confirmar presença na reunião do Conselho Arbitral da Federação Mineira de Futebol (FMF) ainda sem data definida. Observei que Diego está animado com isso e prometeu que tomar as devidas providências para regularizar a situação da praça esportiva”, afirmou Virgínio.

A secretária Municipal de Esporte, Juventude Lazer, Michela Graças Resende Ribeiro, e a Procuradora Geral do município, Eliane Abreu, também estiveram na reunião. Além do presidente, o Passos FC foi representado também por dois investidores na agremiação, sendo um deles, Gilmar Santana, mais o treinador das categorias de base do Clube dos Metalúrgicos de Mogi das Cruzes (SP).

Todos deixaram a prefeitura confiantes nas palavras do prefeito. Isso é muito bom e nos dá ânimo para trabalhar mais ainda em prol do futebol profissional no município”, declarou Virgínio.

O dirigente contou que muito em breve, Diego vai elaborar um Projeto de Lei, propondo que o estádio seja restituído à Secretaria de Esporte. Desde a administração passada, o local estava sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação.

O prefeito se comprometeu a ceder o Starling através de Chamamento Público, via edital. O clube interessado que atender todas as exigências contidas no documento, vai usufruir e manter o estádio por tempo determinado no processo licitatório”, explicou o presidente do Passos FC.

Ano passado, o Clube Esportivo de Futebol e Cultura se preparou para disputar a Segundona, mas um dia antes da rodada inicial, foi excluído do torneio pela FMF, em razão de prestações que não foram quitadas e referentes à dívida financeira contraída com a própria entidade.