Destaques Esporte

Presidente do Passense pede demissão do clube

16 de setembro de 2020

COPA DO BRASIL - Ponte Preta e América (foto) medirão forças nesta quarta-feira, às 19h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. / Foto: Divulgação

PASSOS – Um dos quatro vice-presidentes do Clube Esportivo Passense de Futebol e Cultura, Telmo Donizeti da Silva, que até segunda-feira, 14, acumulava a função de presidente no lugar de Rogério Jesuíno dos Santos, entregou sua carta de renúncia. A agremiação se prepara para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, que terá início no dia 21 de novembro.

Ultimamente estava sem tempo suficiente para me dedicar ao Passense como um dos vice-presidentes e presidente interino. Então achei melhor me afastar das duas funções para não prejudicar todo o trabalho da diretoria executiva visando se preparar para a Segundona. Agradeço ao presidente licenciado Rogério e aos demais companheiros de clube e desejo sucesso. Fico torcendo do lado de fora”, resumiu.

Santos, envolvido com a política municipal desde o fim da semana passada, disse que tinha conhecimento da saída de Silva, por isso já solucionou o problema.

Me reuni com os três vices, Gilmar Silva, Antônio Benedito e Moisés Andrade, que já estão respondendo pelo Passense em conjunto com Davi de Oliveira (presidente do Conselho Deliberativo). O trabalho não pode parar, porque o campeonato vai começar em pouco mais de dois meses e não queremos só disputá-lo, mas brigar por uma das duas vagas para o Módulo II em 2021”, afirmou.

Ele também marcou para amanhã, 16, às 14h30, na avenida dos Expedicionários, 107, centro de Passos, uma entrevista coletiva para anunciar as últimas novidades relacionadas ao Passense.