Destaques Geral

Prefeitura volta a alterar tráfego na João Teixeira Mendes

Por Nathália Araújo / Redação

10 de julho de 2020

Foto: Helder Almeida

PASSOS – O tráfego na rua João Teixeira Mendes foi novamente alterado, nesta quinta-feira, e passou a ter mão única, direcionando os motoristas que seguem da região central de Passos para os bairros como o Jardim Aclimação, Jardim Itália e Nova Suíça. Nos últimos meses, esta é a terceira mudança no sentido de direção da via.

A alteração foi estabelecida pelo Departamento Municipal de Trânsito, que desenvolveu um estudo técnico, seguindo as orientações impostas no Código de Trânsito Brasileiro e, a partir dos resultados das avaliações, foi possível indicar o sentido do fluxo que permitisse as melhores condições de deslocamento no local. Comerciantes e cidadãos que residem na região, estão divididos em relação à alteração.

O diretor do Departamento de Trânsito, Gerson Ferreira da Silva, que assumiu o cargo há cerca de dois meses, destaca que mudanças recorrentes no fluxo de veículos são inconvenientes à população.

Mudar a direção do trânsito com tanta frequência se torna algo muito desagradável para todos, mas, agora, isso não vai acontecer de novo naquela rua. Acredito que, pela quantidade de estabelecimentos comerciais que se localizam no caminho, a decisão funciona de forma positiva para a comunidade passense”, destacou.

Seguindo os artigos estabelecidos pela Resolução Municipal de número 308, o Departamento Municipal de Trânsito se compromete com a implantação de estacionamentos, em ambos os lados da via, para carros, motos, veículos com transporte acima de cinco passageiros, carga e descarga em curta duração para mercadorias, além de locais reservados para idosos e pessoas com necessidades especiais.

Diferente do que muitos pensam, não se trata de um jogo político, visto que é algo completamente técnico. Tenho quase quatro meses pra transformar Passos na cidade com as melhores condições de trânsito e essa é a minha missão”, afirmou Gerson.

Sobre a questão das multas que foram aplicadas a motoristas que transitavam em sentido contrário ao que era permitido para tráfego, o diretor declarou que estas não serão retiradas por conta da sinalização que foi colocada no local para orientar sobre alterações em vigor.