Destaques Política

Prefeitura tem saldo de R$2,5 milhões no 1º quadrimestre em Cássia

3 de junho de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

CÁSSIA – Nos quatro primeiros meses do ano, as receitas superaram os gastos em R$2.620.314,72. Foi o que revelou o setor financeiro da prefeitura durante a Audiência Pública (AP) realizada dia 1º de julho no plenário da Câmara Municipal como prestação de contas referentes aos primeiros quatro meses de 2020.

Além das receitas e despesas relacionadas ao período, foram revelados gastos com pessoal, aplicações constitucionais em Educação, Saúde e dívida pública municipal. O Poder Executivo teve como representantes o assessor contábil, Cleidisson Xavier dos Santos, o controlador interno, Thales Batista de Almeida, o secretário de Fazenda e Planejamento, Alessandro de Figueiredo Maia. A população cassiense pôde acompanhar o evento online através do Facebook.

De acordo com o relatório resumido divulgado por Cleidisson, as receitas somaram R$17.803.134,84, correspondendo 30,02% do valor orçado para 2020, enquanto que as despesas líquidas foram R$15.182.820,12, ou seja, 25,88% do montante estimado para este ano. O saldo positivo foi de R$2.620.314,72.

Os gastos com pessoal atingiram 45,04% da receita corrente líquida ficando abaixo do limite legal máximo permitido que é de 54%. A aplicação na manutenção e ações de saúde, que conforme determina a Constituição do país deve ser no mínimo 15% das receitas de impostos, taxas, contribuições de melhorias e transferências constitucionais, foram empregados 31,78%. O limite mínimo de investimento no ensino do município é de 25%, mas em razão de ser o primeiro quadrimestre, as aulas terem começado apenas em fevereiro, e ainda o surgimento da pandemia do coronavírus, este percentual não foi atingindo e ficou em 23,81%.

A dívida de longo prazo ficou em R$1.808.685,83 o que corresponde a 3,42% da receita corrente líquida, sendo o limite máximo de 120%. Os restos a pagar que em 31 de dezembro de 2019 eram de R$4.568.845,0, porém com os pagamentos realizados até abril deste ano baixaram para R$526.597,25. O resultado primário (receitas e despesas fiscais) ficou em R$3.326.302,81. Já o nominal (dívida consolidada dos quadrimestres anterior e atual) está em R$1.142.603,69.