Destaques Política

Prefeitura já conseguiu mais de R$5 milhões em recursos extras para Alpinópolis, diz Freire

13 de outubro de 2021

Foto: Divulgação.

ALPINÓPOLIS – A Prefeitura de Alpinópolis, de janeiro a setembro deste ano, conseguiu injetar nos cofres públicos municipais mais de R$5 milhões em recursos extras, sendo a maioria fruto de emendas parlamentares. Segundo informações da administração, o Executivo Alpinopolense é um dos que menos gasta com diárias de prefeito e vice na região. De acordo com levantamento realizado no citado período, o prefeito Rafael Freire gastou R$2.881,20 em diárias e o vice, Leonaldo Cândido da Silveira, o Léo do Posto, apenas R$86,40.

Segundo declarou o prefeito, o dinheiro público é usado com muita responsabilidade em sua gestão e a regra é atuar com transparência e mostrar, exatamente, onde está sendo aplicado, ainda mais quando é referente a diárias de viagens, gasto que geralmente desperta uma certa desconfiança junto à população. Todas as despesas do prefeito e vice foram empenhadas e pagas mediante relatórios de viagens e notas fiscais.

As diárias foram usadas para as poucas viagens, incluindo idas a Brasília e Belo Horizonte, que resultaram na vinda de recursos extras, ou seja, verbas que chegam além daquelas transferências já previstas pela Constituição. Somente de emendas parlamentares (federais e estaduais), até agora, já são (entre indicações, empenhos e pagamentos) cerca de R$3,27 milhões a serem aplicados na Saúde, na Educação, na Infraestrutura (urbana e rural) e no Esporte. Existem ainda os recursos de emendas estaduais enviados para o Fundo Municipal de Saúde que, posteriormente, serão repassados para o Hospital Cônego Ubirajara Cabral, que somam R$422 mil.

E, por fim, há também o dinheiro do acordo feito com a Vale, em função do rompimento da barragem de Brumadinho, em 2019, que vai incrementar os cofres públicos municipais com R$1,5 milhão. Esse recurso, de acordo com o prefeito, será investido em reformas de quadras, implantação de poços artesianos, pavimentação e recapeamento de vias públicas e, parte dele, aplicado no projeto habitacional Morada Digna, que pretende construir, em sua primeira etapa, 98 casas para atendimento da população de baixa renda do município de Alpinópolis.

Conforme a administração municipal, há expectativa que, ainda este mês, sejam anunciados mais recursos para a Saúde e Educação. Prefeito e vice fazem questão de ressaltar o apoio dos parlamentares de sua base no Congresso Nacional e na Assembleia de Minas, já que sem eles, dificilmente Alpinópolis receberia esses recursos que serão revertidos na melhoria da qualidade de vida do cidadão.