Destaques Geral

Prefeitura discute regularização de mototáxis e motofretes

19 de junho de 2020

Foto: Helder Almeida

PASSOS – A regularização dos profissionais de mototáxi e motofrete de Passos foi discutida na quarta-feira, 17, no Anfiteatro da Casa da Cultura, em reunião realizada pela prefeitura por meio da secretaria de Planejamento e do departamento de Transporte Público.

No encontro, que foi comandado pelo prefeito Carlos Renato Lima Reis, o Renatinho Ourives, o diretor do Departamento Municipal de Transporte Público, Vicente Paulo Rodrigues, explicou que o intuito da administração municipal era oferecer aos mototáxis e motofretes um curso profissional para a regularização dos trabalhistas, mas devido a pandemia do novo coronavírus, a ideia teve que ser adiada.

A princípio, o curso de mototáxi e motofrete estava previsto para o dia 08 de julho, porém devido à pandemia, e em contato com o comitê municipal de enfrentamento da covid-19, entendemos por bem o adiamento das aulas, prezando assim o bem-estar de todos. Em contrapartida, entramos em contato com Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) de Formiga que participou da reunião na pessoa do coordenador, Wander Gomes, que apresentou todo o trabalho ofertado e enfatizou a importância da regularização do setor’’, informou Vicente.

Responsável pela pasta incumbida na regularização da classe, o secretário de Planejamento, Ulisses Araújo, demonstrou a satisfação em participar da reunião que instruiu aos proprietários das centrais a realização do curso de capacitação, que é exigido pela legislação municipal.

Este é um setor muito importante para o município, e a regularização do mesmo impulsiona a economia da cidade, além de garantir segurança aos profissionais’’, assegurou o secretário.

Presente no encontro, o gestor do Serviço Social do Transporte (SEST), Denis Quaresma, ressaltou que é imprescindível a regularização, uma vez que o município de Passos já está à frente de outros, por regulamentar os serviços de mototáxis e motofretes por meio de decreto.

De antemão, gostaria de agradecer a prefeitura pela iniciativa e pelo convite em participar deste importante projeto, que deve regularizar quase 300 profissionais, já que são 240 pré-inscritos, totalizando em torno de dez turmas, que serão monitoradas pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG)’’, comentou o gestor.

O proprietário da central de mototáxis 2001, Matheus Júnior dos Santos, elogiou a determinação da administração municipal em proporcionar aos profissionais o referido curso, essencial nas atividades desenvolvidas.

Até então, o único curso disponível tinha um valor muito alto, o que impedia diversos profissionais de realizá-lo. E agora, pelo Senat o custo é bem inferior, quase gratuito, ajudando muito na formação, para que todos os mototáxis e motofretes possam desempenhar uma função com mais qualidade e segurança’’, pontuou Matheus.

Ao final da reunião, Renatinho ressaltou o trabalho realizado pela secretaria de planejamento, e pelo departamento de transporte e, ainda complementou enfatizando o desejo de solucionar este antigo problema da cidade.

A regularização, é uma luta antiga, e que vai beneficiar uma importante classe, que presta relevantes serviços para o município. Estamos trabalhando para colocar a situação em dia por meio deste curso profissionalizante que vai credenciar os profissionais a trabalharem regularizados no município de Passos”, finalizou o chefe do poder executivo.