Cultura Destaques

Prefeitura de Passos publica edital ‘Cultura Cura’, mas tem baixa adesão

17 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Trabalhando em prol à classe artística – que vem sendo totalmente afetada em decorrência da pandemia do novo coronavírus – a Prefeitura de Passos, por meio da Secretaria de Cultura e Patrimônio Histórico, publicou no último mês o edital de credenciamento do projeto “Cultura Cura”, que previa R$200 mil reais para a contratação de apresentações artísticas no município.

Após a divulgação do edital, que exigia dos participantes a documentação mínima requerida pela licitação, a administração municipal recebeu apenas 17 projetos, sendo que apenas seis cumpriam com as condições determinadas. O secretário de Cultura e Patrimônio Histórico, Carlos Jorge de Paula Ribeiro, deixou claro que todas as políticas públicas de cultura no país são, a partir de editais, muito mais complexos do que o publicado pela prefeitura, e que a administração municipal fez o possível para que todos os artistas da cidade fossem contemplados.

Assim que começamos a realizar o edital Cultura Cura, disponibilizamos com o apoio da Ameg, um curso de capacitação para os artistas passenses e, infelizmente também tivemos poucas adesões. Só para música, disponibilizamos R$50 mil, e não tivemos nenhum interessado, mas, mesmo diante dessa realidade, vamos continuar lutando para a possibilidade de qualificação dos nossos profissionais. E, aos artistas que não conseguiram se adequar ao edital, peço que entendam onde erraram para que em próximas oportunidades não cometam os mesmos equívocos”, pontuou Carlos Jorge.

A prefeitura esclarece que seguirá com os trâmites previstos na publicação do edital, com os artistas que cumpriram com as determinações, sendo três de teatros, um de fotografia, um de artesanato e um de circo.

Doação de perucas – Empenhada em colaborar com as ações desenvolvidas no Hospital Regional do Câncer de Passos, a Associação Luz do Servir, composta pela Fraternidade Feminina de Itaú de Minas e Loja Maçônica União e Fraternidade itauense, realizou nesta semana a entrega de 15 perucas confeccionadas pela cabeleireira voluntária Edna Lopes Vieira, a partir de doações de cabelos naturais. “Neste ano, esta é a terceira vez em que a Associação doa perucas ao HRC.” Para o hospital, a atitude contribui para aumentar a segurança, autoconfiança e sorrisos para as pacientes oncológicas.