Destaques Geral

Prefeitura de Paraíso anuncia cancelamento das Congadas

Por Ralph Diniz / Especial

25 de novembro de 2020

DECISÃO FOI TOMADA EM RAZÃO DA PANDEMIA DA COVID-19, QUE JÁ MATOU 35 PESSOAS NO MUNICÍPIO. É A PRIMEIRA VEZ EM MAIS DE 100 ANOS QUE A FESTA NÃO SERÁ REALIZADA. / Foto: Divulgação

S.S. PARAÍSO – A prefeitura de São Sebastião do Paraíso anunciou na tarde de ontem, 24, que não realizará a festa das Congadas neste ano. A decisão se deu em razão da pandemia da covid-19. Esta será a primeira vez em mais de 100 anos que o tradicional festejo religioso não acontecerá no município.

De acordo com a nota publicada em suas redes sociais, a prefeitura acredita que o momento requer cautela e a prioridade absoluta são o bem-estar e a saúde da população. “A não realização da festa é uma das medidas preventivas, seguindo orientação do governo do estado de evitar eventos com grande público, para diminuir a circulação do vírus no município”, diz trecho da nota.

Segundo informações obtidas pela reportagem, apenas o hasteamento das bandeiras dos santos padroeiros da festa será realizado na praça Comendador José Honório, ao lado da igreja de São Sebastião, no dia 8 de dezembro. Realizada sempre na última semana do ano, logo após o Natal, a festa das Congadas de São Sebastião do Paraíso está entre as mais reconhecidas e tradicionais do Brasil e, por isso, atrai milhares de turistas todos os anos. Uma delas, a aposentada Maria Aparecida Santos Pereira, do interior de São Paulo, lamentou a notícia, mas disse compreender os motivos do cancelamento do evento:

Faço questão de ir a Paraíso todos os anos para rever meus familiares e assistir aos desfiles dos ternos de congo. É triste saber que não teremos essa festa em 2020, mas eu entendo que a questão da saúde das pessoas é muito mais importante agora. Espero que tudo se resolva para que, no final do ano que vem, tudo volte ao normal e as congadas voltem a abrilhantar essa cidade que eu gosto tanto”.

Até a tarde de ontem, Paraíso tinha 35 mortes registradas pelo novo coronavírus e quase 1.100 casos confirmados da doença. Apesar de o município ter entrado na onda verde do programa “Minas Consciente”, e o número de novos casos registrados ter diminuído nos últimos dias, a Secretaria de Saúde adota uma postura conservadora, a fim de evitar que um novo surto faça mais vítimas na cidade. “Cada um fazendo a sua parte, certamente passaremos mais rápido por esta dificuldade que o mundo inteiro enfrenta”, concluiu a prefeitura.