Destaques Política

Prefeitura de Guapé celebra convênio de R$2 milhões com o Governo Federal

14 de janeiro de 2021

O assessor Marcelo Teixeira e o vice-prefeito Evandro Oliveira. / Foto: Divulgação

GUAPÉ – O vice-prefeito de Guapé, Evandro Oliveira, esteve na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Brasília/DF, acompanhado do assessor de projetos, Marcelo Teixeira, para celebrar dois convênios que irão reforçar a frota de máquinas da prefeitura de Guapé e trazer ainda mais agilidade na realização de trabalhos ligados a infraestrutura e estradas rurais.

Foram protocolados dois convênios junto ao Governo Federal por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o primeiro de uma patrulha mecanizada com o valor de R$ 1 milhão 750 mil – que é composta de trator esteira, caminhão e motoniveladora (patrol) – e outro de uma retroescavadeira no valor de R$ 250 mil, que juntos totalizam o valor de R$ 2 milhões.

A prefeitura de Guapé, por meio de seu Departamento de Projetos, sensível a demanda do município, se mobilizou e desenvolveu os projetos e documentos necessários que já foram protocolados, como destaca o responsável do Departamento, Marcelo Teixeira: “nos organizamos, planejamos e realizamos toda ação necessária para a celebração e o recebimento do convênio, agora é só aguardar o pagamento”.

De acordo com o vice-prefeito, Evandro Oliveira, as novas máquinas irão reforçar as atividades de manutenção e recuperação das vias urbanas e estradas rurais em todo o município.

Durante o nosso primeiro mandato, a Administração Municipal adquiriu várias máquinas, veículos e implementos, contudo, ainda existe a necessidade de aumentar a frota, devido ao trabalho contínuo de manutenção e reparos nas estradas da zona rural e realização de obras no município”.

Para o vice-prefeito, a grande importância dessas conquistas está em agilizar ainda mais os serviços a serem realizados.

Vamos conseguir atender as demandas com mais rapidez e eficiência e todos os setores saíram ganhando, como a agricultura, o turismo, a educação e a saúde”, destacou.