Destaques Geral

Prefeitura cria projeto Cras em Ação

25 de setembro de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

PASSOS – Na última semana, a Prefeitura de Passos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda (Sedest) iniciou o projeto “Cras em Ação”, com objetivo de reorganizar o planejamento das atividades e manter a oferta regular do atendimento aos usuários do Centro de Referência e Assistência Social (Cras), de forma remota.

Para manter o vínculo de convivência entre a população assistida pelo serviço e a equipe do Cras, o projeto envia aos usuários, todas as sextas-feiras, através do aplicativo do whatsapp , atividades sócioeducativas com temáticas diversificadas. O material é enviado pela equipe do Centro de Referência, que é composta por psicólogos (as), educadores físicos e professores de teatros, que repassam as orientações necessárias aos munícipes por meio dos grupos criados.

Um dos profissionais atuantes no projeto, o professor de teatro, Bruno Mariotti, ressaltou a importância do “Cras em Ação” tanto para a equipe quanto para os usuários, para que os laços e afetos já criados permaneçam.

Neste momento difícil para todos, é muito importante nos mantermos conectados, mesmo que seja de alguma forma. E, é por meio da telinha do celular de cada um, que vamos interagindo, através de atividades lúdicas, que contribuem para o corpo e a mente das pessoas”, comentou Bruno.

O professor ainda falou sobre as mensagens de carinho que toda a equipe vem recebendo dos usuários, que estão bastante contentes com o projeto.

Mesmo que para alguns o acesso a esse material seja limitado, o retorno deles foi algo bonito de se ver. Todos mandando mensagem de agradecimento, de carinho, de afeto, com a nossa equipe e também entre eles mesmos relatando a saudade que estão uns dos outros”, finalizou.

Convênio

Dando sequência às ações do convênio firmado entre a Prefeitura de Passos e a Faculdade Atenas, a instituição inicia na próxima segunda-feira, 28, as obras na Estratégia Saúde da Família (ESF) Coimbras. Assim como determinado pelo documento, que estipula a destinação de 10% do faturamento mensal do curso de medicina para investimentos na rede do Sistema Único de Saúde (SUS), a Faculdade será a responsável por todos os custos da obra na unidade.
Após uma reunião entre membros da prefeitura e da faculdade, ficou definido que a administração municipal fiscalizará a obra, que engloba a revitalização do ESF e foi orçada no valor de R$800 mil reais, tendo previsão de término para dezembro deste ano.

Posterior à reforma do local, a Atenas ainda custeará a reforma de outras unidades que estão descritas no convênio que ainda assegura diversos benefícios, como a aquisição de equipamentos para a rede de atenção à saúde, pagamento de bolsas de residência médica em programas de medicina da família e comunidade, instituição e pagamento, sempre que possível, de bolsas incentivo de preceptoria aos alunos estagiários e residentes da Faculdade Atenas, estão entre os principais.