Destaques Geral

Prefeitura contrata empresa para transporte entre Fortaleza e Passos

18 de agosto de 2020

Foto: Divulgação

FORTALEZA DE MINAS – O serviço de transporte de passageiros passageiros entre Fortaleza de Minas e Passos, suspenso temporariamente pela Viação Rápido Sudoestino na última sexta-feira, 14, já foi restabelecido. A população não chegou a ser prejudicada, porque na manhã desta segunda-feira, 17, a empresa Irmãos Turismo assumiu de forma emergencial a linha intermunicipal.

No dia 12 de agosto, o gerente administrativo da Viação Cisne, empresa que detém os direitos administrativos da Sudoestino, foi até o gabinete do prefeito de Fortaleza de Minas, Adenilson Queiroz (PSB), e comunicou oficialmente que os micro-ônibus parariam de rodar temporariamente. Adilson Januário da Silva alegou que a linha é deficitária pelo baixo número de passageiros, que acabam conseguindo caronas, e piorou ainda mais depois que a Votorantim Metais interrompeu a produção e acabou por vender a empresa.

Queiroz revelou que ficou bastante surpreso com a decisão e, no último final de semana, procurou Valdeci Dias da Fonseca, proprietário de dois micro-ônibus e uma van.

Até que a Cisne, detentora dos serviços, volte a operar normalmente e para que a população não fique sem o transporte coletivo de passageiros, fui obrigado a contratar de forma imediata e emergencial a Irmãos Turismo para não prejudicar os cerca de 50 moradores que vão trabalhar, estudar, consultar ou resolver problemas particulares em Passos”, explicou.

O prefeito informou que já comunicou a decisão à unidade regional do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), mas não recebeu nenhuma orientação em relação ao que deve ser feito pela empresa Irmãos Turismo.

Acredito que nos próximos dias receberemos o comunicado oficial do órgão. De imediato o Valdeci vai seguir as regras determinadas sobre o tráfego rodoviário como se [a empresa] fosse a detentora da linha regular intermunicipal. Pelos próximos dias ele irá nos socorrer para que os moradores não sejam prejudicados”, ressaltou.

Dos seis horários que a Cisne cumpria de segunda a sexta-feira, dois foram extintos pela prefeitura. De Fortaleza a Passos, o micro-ônibus deixa a cidade às 6h15 e às 15h. O retorno, a partir do terminal rodoviário intermunicipal Tancredo de Almeida Neves, ocorre às 11h e às 17h. No final da tarde de ontem, o chefe da unidade regional do DER-MG, Gaspar Ponciano da Silva, revelou que vai aguardar orientações da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) para realizar as devidas averiguações. Já o gerente da Viação Cisne, Adilson Januário, não quis comentar a decisão do prefeito Adenilson Queiroz.