Destaques Geral

Prefeitos da Ameg se unem para conter a covid-19 nos municípios da região

2 de abril de 2020

PASSOS – Aconteceu na tarde da última terça-feira, 31, uma reunião extraordinária envolvendo prefeitos de cidades que integram a Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg). O objetivo do encontro foi o alinhamento quanto às providências comuns a serem tomadas para conter o avanço da propagação do novo coronavírus, a covid-19. Os participantes definiram manter as restrições no comércio até dia 5 de abril.
A decisão aconteceu após um debate entre os prefeitos e os profissionais da saúde presentes, um acordo foi assinado pelos gestores visando à definição quanto ao funcionamento dos estabelecimentos comerciais em suas bases. A ata define que os municípios da região mantenham a orientação para a não abertura do comércio em geral, exceto os considerados essenciais, e que este posicionamento persista até o domingo, dia cinco de abril.
“Esse diálogo que estamos promovendo hoje é uma forma inteligente de verificação sobre o que está surtindo efeitos positivos e o que não está dando certo. De acordo com esse diagnóstico, podemos definir algumas estratégias que possam ser seguidas por todos os municípios”, afirmou o prefeito de Passos e presidente da Ameg, Carlos Renato Lima Reis.
A médica infectologista da Santa Casa de Passos, Priscila Neves, alertou os prefeitos quanto à necessidade de manutenção de algumas restrições à abertura de determinados estabelecimentos. “Com a confirmação do primeiro caso positivo da covid-19 na região é muito importante o cuidado para que a disseminação não ocorra em massa e sobrecarregue o Sistema Único de Saúde – SUS. Para que isso não ocorra, é preciso que as aulas em todas as escolas permaneçam suspensas, que se evite a abertura de bares e restaurantes com atendimento em mesas, que continuem suspensos eventos como shows, bailes, festas e outros eventos que resultem em aglomeração de pessoas”, orientou.
Ainda durante o andamento da reunião, em contato com o presidente da Associação Mineira dos Municípios (AMM), Julvan Lacerda, o presidente da Ameg solicitou que a entidade estadual intervenha junto ao governador Romeu Zema para que o governo assuma de forma mais efetiva a responsabilidade de guiar os municípios em ações integradas e padronizadas para o enfrentamento do COVID-19.
Estiveram presentes prefeitos e representantes dos municípios de Alpinópolis, Capetinga, Capitólio, Cássia, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Guapé, Itaú de Minas, Passos, Piumhi, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, e São Roque de Minas. Também compareceram representantes da Santa Casa de Misericórdia de Passos e da Superintendência Regional de Saúde.