Destaques Política

Prefeito da Barra é eleito presidente da Ameg e anuncia transformação em consórcio regional

Por Adriana Dias / Da Redação

15 de janeiro de 2021

Da esquerda para a direita: Cristiano Geraldo da Silva, Prefeito de Capitólio; Celso Henrique Ferreira, Prefeito de São João Batista do Glória; Suely Alves Ferreira Lemos, Prefeita de Delfinópolis; Filipe Cardoso Carielo, Prefeito de Carmo do Rio Claro; Paulo Sérgio Leandro de Oliveira, Prefeito de São José da Barra; Diego Rodrigo de Oliveira, Prefeito de Passos; Adenilson Queiroz, Prefeito de Fortaleza de Minas; Nelson Alves Lara, Prefeito de Guapé; Ismael Silva Cândido, Prefeito de Ibiraci; Luiz Gonzaga Cintra, Prefeito de Claraval. / Foto: Divulgação

S.J. DA BARRA – A Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg) realizou a 176ª Assembléia Geral, na manhã desta sexta-feira, 15, com a eleição da diretoria para 2021. Apenas uma chapa se inscreveu, tendo como presidente o prefeito de São José da Barra, Paulo Sérgio Leandro de Oliveira, o Serginho eleito como presidente, que anunciou a transformação da associação em consórcio regional a partir de 1º de março.

A diretoria eleita conta ainda como 1º vice-presidente, o prefeito de Carmo do Rio Claro, Filipe Cardoso Carielo, 2º vice-presidente, o prefeito de São João Batista do Glória, Celso Henrique Ferreira, o Celsinho. Para o Conselho Fiscal foram eleitos os prefeitos de Pratápolis, Denise Alves de Souza Neves, Guapé, Nelson Alves Lara; Delfinópolis, Suely Alves Ferreira Lemos, e como suplentes, Cristiano Geraldo da Silva, de Capitólio; Diego Rodrigo de Oliveira, de Passos; e Ismael Silva Cândido, de Ibiraci.

Esse ano a Ameg vai contar com 16 municípios associados, que são, Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Delfinópolis, Passos, Piumhi, Pratápolis, São João Batista do Glória e São José da Barra que já eram associados e mais Claraval, Fortaleza de Minas, Guapé, Ibiraci, Itaú de Minas e São Tomás de Aquino que retornaram esse ano. Outros municípios como Alpinópolis, São Roque de Minas e Vargem Bonita devem associar também, depois que concluírem a parte burocrática.