Destaques Geral

Preço do gás de cozinha aumenta e o da gasolina deve ter queda

Ézio Santos / Especial

14 de junho de 2021

Botijão terá novo preço a partir desta segunda: o quinto aumento do ano:/ Arquivo FM

PASSOS – O gás de cozinha estará mais caro a partir de amanhã. O percentual anunciado na última sexta-feira, dia 11, pela Petrobrás foi 5,9%, representando aumento médio de R$ 2,47 em cada botijão de 13 quilos de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Ainda de acordo com a estatal federal, desde ontem a gasolina está 2% mais barata nas refinarias. Até ontem os revendedores dos dois produtos não tinham divulgado os novos valores.

O proprietário de dois depósitos exclusivo da Consigas em Passos revelou que em 2021 não houve aumento do gás só em maio. O percentual médio de cada mês foi de 5%, e o preço por botijão hoje varia entre R$ 83 e R$ 90, dependendo da retirada no local ou entrega em domicílio.

“Está cada vez mais difícil para o povo e nós comerciantes. Há mais ou menos um ano eu vendia o casco ou trocava o conteúdo, cerca de dois mil por mês. Hoje gira em torno de 1.300”, afirmou Adilson José Ferreira.

Em razão dos constantes aumentos do GLP, o comerciante contou que a população está mudando o hábito de se alimentar e partindo para outras alternativas a fim de economizar.

“Muitos preferem comprar pratos prontos. A classe mais pobre construí fogão de lenha ou improvisa o fogareiro usado no preparo do feijão, por exemplo, que necessita de mais tempo para cozinhar. Até mesmo as pessoas mais ricas não estão deixando o botijão de reserva. Preferem esperar acabar o que está interligado no fogão e pede outro imediatamente”, explicou Adilson.

Em Passos há quatro empresas revendedoras exclusivas de gás de cozinha: Consigáz, Supergasbras, Ultragaz e Nacional. Já o número dos chamados postinhos de revendas, alguns multimarcas, são mais de 20.

Gasolina

Com a redução de apenas 2% no preço da gasolina nas refinarias, os donos de postos de combustíveis não costumam repassar o desconto aos consumidores, preferindo manter os valores atuais. A reportagem consultou neste sábado, seis revendedores para saber o preço mais baixo e mais alto do litro vendido nas bombas. Em Passos, a gasolina varia de R$ 6,29 a R$ 6,39; etanol, entre R$ 4,67 e R$ 4,95; óleo diesel comum, de R$ 4,75 a R$ 4,77; e o diesel S10, custa de R$ 4,69 a R$ 4,79.

“Falo do meu caso com a BR. Revendo produtos garantidos pela qualidade. O estabelecimento é filiado à renomada companhia genuinamente brasileira”, comentou Edimar Zaparoli, proprietário do Auto Posto Zap/BR. Os preços comercializados também por outras empresas como a Shell e Ipiranga são mais caros, em relação aos praticados pelas denominadas ‘bandeira ou bandeira branca’, praticam os preços mais em conta. O número de postos de combustíveis em Passos se aproxima dos 30.