Destaques Política

Pratápolis terá evento online hoje

23 de junho de 2020

Foto: Site EBC

PRATÁPOLIS – O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJ-MG) promove hoje a inauguração das novas instalações do Fórum e Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de Pratápolis. A cerimônia será semipresencial apenas para autoridades convidadas em razão da pandemia do coronavírus e resguardando todo o protocolo do Ministério da Saúde para se evitar o contágio no novo covid-19.

Através do sistema online interligando Pratápolis com a sede do JT em Belo Horizonte por um link, o presidente do órgão, desembargador Nelson Missias de Morais será a principal autoridade a participar do evento. Na sala de reuniões do Fórum Desembargador Monteiro Ferraz estarão presentes também vários convidados especiais de Itaú de Minas, município que não possui comarca e cerca de 70% dos processos jurídicos são direcionados ao Centro Judiciário pratapolense.

Mesmo em época de pandemia acontecem coisas boas e ganhamos o ótimo presente, um prédio amplo, arejado com mais comodidade aos servidores e o público em geral, além de oferecer melhor condições de trabalho que renderá bem mais que hoje. Destaco também a acessibilidade às novas instalações com rampas para pessoas com necessidades especiais, facilitando para cadeirantes e idosos”, ressaltou a juíza titular Elisandra Alice dos Santos Camilo, na função há 10 anos e trabalhando em Pratápolis desde 2018.

As novas instalações do Fórum de Pratápolis estão localizadas na avenida Leônidas Pedroso,400, bairro Santa Bárbara III. São 3.125 metros quadrados cuja obra, executada pela Franco Engenharia, de Belo Horizonte, teve duração de um ano e três meses. No atual prédio, localizado na rua Evangelista de Pádua, 138, centro, formada por Vara Judiciária única. Se houver necessidade, as dependências são suficientes para ser criada a segunda.

De acordo com Neuza Aparecida Andrade de Pádua, auxiliar administrativa e recepcionista do Foro, a vistoria da sede contendo todo o mobiliário novo está programada para o dia 13 de julho pela equipe de engenheiros do TJ-MG. O atendimento ao público ainda não tem data definida.

Além da juíza Elisandra Santos, outro representante do Ministério Público de Minas Gerais que atua no Fórum pratapolense é o promotor de Justiça Alan Carrijo Barros. Na gerência de Secretaria trabalha Néliton Alves da Silva. O grupo de aproximadamente 40 funcionários é formado por servidores estaduais, estagiários terceirizados e cedidos pelas prefeituras local e Itaú de Minas.
O Fórum de Pratápolis foi inaugurado em 14 de setembro de 1990. O primeiro juiz substituto e titular foram os doutores Frederico do Espírito Santo Araújo e Carlos Henrique Perpétuo Braga, respectivamente.

Foto: Divulgação