Destaques Geral

PMP adota novas medidas no atendimento às pessoas em situação de rua na pandemia

26 de Maio de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Seguindo o plano de prevenção e contingenciamento municipal à covid-19, a Prefeitura de Passos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda (Sedest), adotou, desde o início do mês de março, medidas de acolhimento às pessoas em situação de rua, uma vez que as atividades em grupo foram suspensas para se evitar aglomerações.

Através da busca ativa realizada pela equipe de abordagem social, as pessoas em situação de rua foram recebidas em acolhimento emergencial em dois ginásios municipais e, posteriormente, em uma escola municipal, porém, com o retorno recente de algumas atividades escolares houve a necessidade de transferi-los a outro espaço.

Portanto, atualmente as mulheres em situação de vulnerabilidade estão acolhidas no Albergue Santo Agostinho e os homens estão no Ginásio da Barrinha. A medida, que foi adotada respeitando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS),suspendeu todas as atividades que provocam aglomerações e, consequentemente, minimizou os impactos decorrentes do coronavírus no município.

Assim como explicou a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, Tatiana Capute, o serviço especializado para atendimento às pessoas em situação de rua está sendo ofertado desde o dia 23 de março  e as  refeições estão sendo distribuídas em escalas juntamente com o Albergue Santo Agostinho.

Diariamente são fornecidas três refeições, incluindo o café da manhã, almoço, e jantar. Também são disponibilizados todos os produtos essenciais de higiene pessoal e vestuário. Contamos ainda, com o auxílio das secretarias de Saúde, Esporte, Educação, Obras, Habitação e Serviços Urbanos, Administração, além da brigada de enfrentamento, para que assim todas as medidas cabíveis sejam tomadas por meio da orientação de profissionais”, informou.

Como todas as ações são seguidas diante das recomendações da OMS, os respectivos pontos de acolhimentos têm capacidade para receber seis mulheres e trinta e seis homens, respeitando assim o distanciamento de dois metros de distância nos espaços disponibilizados para higienização pessoal, alimentação, áreas livres para convivência e disponibilização de televisores para entretenimento.

Os assistidos pela pasta, ainda contam com o auxílio de profissionais psicossociais do Centro de Referência, orientações de cuidados pessoais, ações das equipes do consultório na rua, do Centro de Atenção Psicossocial (Caps AD), auxílio da equipe de saúde bucal, incluindo a entregas de kits de higiene.

Questionado sobre futuras ações a serem desempenhadas para estas pessoas em situações de vulnerabilidade, o prefeito Carlos Renato Lima Reis, o Renatinho Ourives, informou que o município já conta com uma rede de atendimento às pessoas em situação de rua, formada por  uma equipe especializada em abordagem social,  que é composta por profissionais de referência do serviço e orientação social.

A administração municipal ressalta que, em virtude da pandemia do coronavírus, as atividades coletivas e que provocavam aglomerações de pessoas foram suspensas, contudo, o Centro Pop permanece realizando os atendimentos necessários seguindo todas as medidas de proteção, resguardando assim a saúde dos funcionários e usuários dos serviços.

O Centro de Referência, está localizado na rua Duque de Caxias, nº 46, bairro São Francisco, e permanece funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, o telefone para contato é o (35) 3521-8592.