Cidadania Destaques

PMP abre oportunidade de novos cadastros para famílias acolhedoras

10 de julho de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Visando fortalecer a política de acolhimento familiar no município, a Prefeitura de Passos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda (Sedest) vêm intensificando o programa família acolhedora no município.

Baseado no cadastramento e capacitação de famílias da comunidade para que tais possam receber em suas residências, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupo de irmãos em situação de risco pessoal e social, o projeto consiste em garantir o acolhimento, afeto e a possibilidade de convivência familiar e comunitária até que seja viabilizado o retorno à relação com a família de origem ou, na sua impossibilidade, encaminhamento para adoção.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, Tatiana Capute, a partir do projeto é possível garantir às crianças e adolescentes, os benefícios do convívio comunitário e familiar, incluindo ainda a minimização dos traumas e outros efeitos nocivos que podem ocorrer no período do acolhimento institucional.

Principalmente neste período de pandemia, sem a rotina das atividades escolares e externas, é essencial proporcionar as crianças e adolescentes um núcleo familiar, onde elas possam experimentar a atenção e o cuidado que muitas vezes não tiveram em suas famílias de origem. E, para tanto, temos profissionais muito comprometidos que realizam o acompanhamento sistêmico adequado, dando todo suporte necessário às famílias, incluindo um auxílio financeiro”, informou Capute.

Tatiana ainda frisou a necessidade da valorização do projeto, que está efetivado no município desde 2010, mas infelizmente, ainda é pouco conhecido pela população.

O serviço de família acolhedora é um programa lindo, admiro muito as famílias que entendem e participam do projeto, mesmo sabendo que as crianças e adolescentes seguirão outros caminhos, seja o retorno para o seu lar de origem ou para o processo de adoção”, finalizou a secretária.

Dentre os requisitos necessários para se tornar uma família acolhedora é imprescindível ter acima de 21 anos, dispor da anuência de todos os integrantes da família, não possuir membros interessados em adoção e com dependência de substâncias psicoativas, residir no município de Passos, além de conter a disponibilidade de horário para participar das atividades do serviço.

Atualmente, Passos possui 09 crianças em famílias acolhedoras. Os interessados em participar do serviço de acolhimento, devem entrar em contato com a Sedest para realizar o cadastro no programa. As inscrições podem ser realizadas pelo 3522-7012 e 3526-0294.

A administração municipal ressalta que, as respectivas famílias serão devidamente avaliadas e capacitadas para acolherem as crianças ou adolescentes e, caso sejam selecionadas receberão acompanhamento do serviço de acolhimento.