Destaques Geral

Placas Mercosul chegam a custar R$310 nas três maiores cidades da região

Por Beatriz Silva / Redação

6 de fevereiro de 2021

O gasto com as placas Mercosul para veículos na região pode chegar a R$310 nas maiores cidades. / Foto: Divulgação

PASSOS — O gasto com as placas Mercosul para veículos na região pode chegar a R$310 nas maiores cidades da região. Idealizadas em 1994, as placas em formato Mercosul passaram a ser obrigatórias em Minas há ano nos casos de primeiro emplacamento, mudança de categoria, se houver perda, furto, roubo ou dano à placa antiga.


Veja aqui a tabela com a variação de preços das placas Mercosul entre os municípios

Em pesquisa informal realizada pela Folha nesta sexta-feira, nas três maiores cidades da região, os preços cobrados por fábricas e despachantes para automóveis podem variar entre R$260 e R$310.

Em relação aos valores, um representante de uma fábrica de placas passense, que preferiu não se identificar, informou que o preço leva em consideração os impostos pagos para a produção da placa.

Considerando os três impostos que precisamos pagar, o preço entre R$260 ou R$270 é considerado normal. O maior problema, que acaba gerando reclamações entre os motoristas, é que alguns despachantes cobram uma taxa de serviço, que é proibida pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran)”, disse.

Ainda conforme o profissional, quando for necessária a aquisição de uma placa no formato Mercosul, uma alternativa que pode reduzir os custos ao consumidor é procurar diretamente um fabricante.

Para evitar a taxa de serviço, os motoristas podem procurar diretamente as fábricas, porém, acabam preferindo o comodismo e, por este motivo, sofrem com os custos adicionais, mesmo que estes deveriam ser fiscalizados e impedidos de serem aplicados”, encerrou.

Ouvidos pela Folha, a maioria dos despachantes dos três maiores municípios da região informaram que não cobram valores além dos necessários para a aquisição da placa, no entanto, administradores de alguns locais disseram cobrar até R$30 como taxa de serviço.

Quanto ao preço aplicado pelos fabricantes, um dos despachantes, que também preferiu não ser identificado, falou que considera o valor alto.

Sabemos que, em outras regiões, principalmente em capitais, o preço é muito menor. Em Belo Horizonte, por exemplo, a média não chega a R$200, então, acredito que os valores aplicados por aqui tem relação com a necessidade de modernização das fábricas, que precisaram se adaptar às placas Mercosul”, pontuou.


Você também pode gostar de: