Destaques Geral

Piumhi promove apresentação musical sobre violência contra idosos

15 de junho de 2021

Foto: Divulgação

PIUMHI – O Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, celebrado nessa terça-feira, 15, em 2021, alerta para violações dos direitos dos idosos durante a pandemia do novo coronavírus. O principal objetivo é criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa.

Em Piumhi, a prefeitura municipal, através da secretaria de Assistência Social junto ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), vai realizar uma apresentação musical para os idosos da Casa dos Velhinhos Grijalva Alves Terra em homenagem a essa data, em parceria com o Departamento de Cultura.

A apresentação acontecerá em frente ao lar dos idosos, mantendo todos os protocolos de segurança exigidos pela Secretaria de Saúde, a partir das 13h30. A campanha Junho Violeta, com o tema “Violetas contra a Violência” e lema “Dignidade e Respeito para com a Pessoa Idosa”, tem como objetivo estender a campanha para todo mês de junho e mobilizar toda população sobre este tipo de violência, que vem crescendo a cada dia. Atualmente, há uma grande mobilização no dia 15 de junho onde diversos Conselhos, Instituições e população criam campanhas de conscientização.

Declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, em 2006, a data busca conscientizar a sociedade sobre a existência da violência contra esse público e prevenir novos casos. No Brasil, o Estatuto do Idoso (Lei 10.741, de 2003) considera violência contra o idoso qualquer ação ou omissão que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico.

Com o advento da pandemia da covid-19, os números de violência contra idosos têm aumentado, e o principal motivo é justamente o isolamento social, cujo agressor, na maioria das vezes, é morador da mesma residência que a pessoa idosa.
Para denunciar, de forma anônima, qualquer tipo de violência contra os idosos o telefone é o 100.