Destaques Eleições 2020

Passos recebe 255 urnas para as eleições municipais

1 de outubro de 2020

PASSOS – O Cartório Eleitoral de Passos recebeu na tarde da última terça-feira, 29, as 255 urnas que serão utilizadas nas próximas eleições no município. Os equipamentos vieram diretamente do Tribunal Regional Eleitoral, em um caminhão lacrado e foram todas recebidas e conferidas e devem ser novamente certificadas por técnicos nos próximos 10 dias. De acordo com o chefe do Cartório, Alexandre Araújo, as urnas vão atender apenas à 209ª zona eleitoral, que é formada por 225 seções eleitorais em 38 locais de votação. E, cada equipamento leva em média 5 minutos para ser conferido, mas, se houver qualquer item a ser reparado, o tempo com aquela máquina pode ser aumentado.

Essa diferença de 30 urnas são reservas que se, por acaso, der um problema numa urna durante a votação, os dados não são perdidos, já que elas têm sistemas de backup, voto a voto, a gente simplesmente retira esses backups de uma urna defeituosa, insere numa urna zerada e formatada e a votação continua normalmente. É relativamente comum acontecer algum problema, isso depende de quão novas as urnas que nós recebemos em cada eleição são. As urnas têm uma vida média, por regulamento, de 10 anos, e as urnas com as quais nós vamos trabalhar nessas eleições são urnas de 2009, portanto, são consideradas antigas e é a última eleição delas, por isso prevemos um pouco mais de falhas durante a votação, nada que preocupe, pois 30 urnas são mais do que suficientes. Quando há muitas falhas na eleição, nós temos a troca aí de 5 ou 6 urnas. Na eleição passada, nós não trocamos nenhuma urna, porque as urnas eram de primeiro uso”, informou.

Sobre o fato de ora ser nova, ora usada, Araújo explicou que é feito um rodízio entre as urnas eleitorais. São quatro técnicos que farão a revisão das urnas.

O técnico Rodrigo Elias da Silva iniciou os trabalhos de testes. Eles desembalam cada uma delas, faz uma verificação física da urna, gabinete, teclado, display, parafusos, fios. Essas urnas, infelizmente, são urnas com chaves. As urnas mais novas já são de botão liga e desliga, mas essas urnas aqui são modelos com chave. Então, ele vai verificar se a chaves estão presentes e faz a verificação externa, uma vez feita a verificação externa, ele vai ligar urna e vai fazer um teste chamado auto teste do operador. Põe a urna para funcionar, insere um programa de teste e faz uma simulação de funcionamento do processador. Se a mina passou no teste físico e passou no teste de processamento, ela é guardada e está pronta para ser formatada no dia da carga oficial. A carga oficial já está marcada, serão três dias de carga, sábado, domingo e segunda-feira, dia 31 de outubro, 1º de novembro e 2 de novembro”, explicou o chefe do Cartório.

Para dar as cargas nas urnas é necessário primeiro que se faça todo ot rabalho de análise dos registros dos candidatos.

Começamos no dia 27 a julgar os registros. São 213 candidaturas em Passos, 179 vereadores, 7 chapas com prefeito e vice, então são 14 processos, e mais os processos dos partidos que são 20. São 7 para majoritária e 13 proporcionais. Nós julgamos primeiro os processos dos partidos, porque a regularidade do partido dá condição para que nós comecemos a julgar os processos dos candidatos”, informou.

Ainda conforme explicou Alexandre Araújo, a Justiça Eleitoral faz todo esse trabalho de análise da documentação, análise da regularidade publicação, de intimação, diligência, até a sentença.

Saem os deferidos, os indeferidos, os deferidos com recurso, indeferido com recursos, fazemos a verificação das fotos dos candidatos, nome de urna e quando tudo está pronto, o sistema é fechado, sistema de candidatura do candidato. É oficialmente fechado e os pacotes estão prontos para serem inseridos nas urnas. Nas urnas vão pacotes de dados de candidatos, foto, número do candidato, partido, aquela tela que o eleitor vê quando o eleitor escolhe seu candidato, vão dados de eleitores. Cada sessão eleitoral tem a sua lista de eleitores específica e vão dados de sessões, de municípios, zona, enfim, a lista dos eleitores e a lista dos candidatos são específicas, cada zona tem seus candidatos e cada seção eleitoral tem seus eleitores”, finalizou Araújo.

Segurança

Questionado sobre a segurança das urnas, Alexandre Araújo explicou que os equipamentos ficam em sala vigiada dentro do Fórum da Comarca de Passos com toda segurança 24 horas, podendo entrar apenas pessoas autorizadas.